Pesquisar este blog

21 de ago de 2017

Eudora Impression - Fragrance Review


Para mim é nítido que entre 2016 e 2017 a Eudora fez uma correção de rota. Criada como uma marca para trazer o diferencial para o segmento da perfumaria nacional, a Eudora nasceu com perfumes que poderiam facilmente serem criações importadas e muito bem elaboradas. Provavelmente isso não deu o retorno que esperavam e a marca resolveu então apostar no que o povão gosta mesmo com o objetivo de vender muito. E isso claramente é o que Impression entrega e sob essa perspectiva a marca é bem sucedida.
Em Impression a Empresa dá uma de louca e o posiciona como seu primeiro Eau de Parfum masculino, simplesmente ignorando que o excelente S.Excés existiu algum dia. Pela descrição dá para perceber que a criação será um grande clichezão que depende de frasco, faixa de preço e concentração para vender ("Impression foi criado para o homem talentoso, que sabe reconhecer os aprendizados da sua jornada e valoriza as pessoas que estão à sua volta.")
E quanto ao perfume? Bem, a sofisticação que a marca tenta propor fica no conceito e o resultado final é algo que atira na direção do que as outras vem fazendo ao mesmo tempo que mira no que se sabe que o público masculino gosta. Impression mescla cheiro superficial de ervas, especiarias frescas usadas como se esperaria e o acorde de couro/ambar que todo mundo tem usado. Há algo sutilmente adocicado e nuances de violeta e de um toque levemente powdery, porém, que impedem o perfume de ser entendiante.
No final das contas, se o que se procura é uma criação de fixação razoável, frasco bonito e de aroma conhecido, mesmo que banal mas bem feito, Impression entrega justamente isso. Deixe de lado a baboseira conceitual proposta e seja feliz.