Pesquisar este blog

13 de ago de 2017

Mendittorosa Rituale - Fragrance Review



Português (click for english version):

É bem interessante que enquanto muitas marcas vem explorando a riqueza olfativa das notas a Mendittorosa se volta para a riqueza de emoções, mitos e simbologias que podem ser atrelados a um perfume. É um trabalho mais artístico e certamente mais pessoal, um que pode não encontrar identificação em um público vasto de pessoas mas um que mostra um fio condutor claro de sua idealizadora. Stefania não está preocupada em seguir o vento de fato e não se importa de ir contra ele.

O misticismo da marca de uma forma ou de outra se ancora no classicismo e no atemporal e isso fica bem claro para mim em Rituale, um dos novos perfumes da marca que une uma maravilhosa fragrância com um frasco elegante. A tampa de Rituale eleva a apresentação a uma obra de arte, algo que me faz pensar tanto no universo, no caos e por algum motivo na medusa. E o perfume em si novamente não decepciona.

Estamos diante de uma homenagem a perfumaria como ritual, a forma mais primitiva de perfumaria, onde resinas eram queimadas para que sua fumaça aromática ascendesse aos Deuses. O ato de se perfumar é em si um ritual e é isso que é celebrado aqui com uma composição que me faz pensar em florais ambarados do passado mas que certamente não parece datada.

Eu sinto rituale de forma inversa, com as notas de base me impactando primeiramente. É um cheiro que me faz pensar em incenso, resinas adocicadas, aroma de mel e aroma de nuances animálicas. É algo rico, solene e sensual ao mesmo tempo, uma união entre algo sagrado e profano talvez. E conforme a visão se torna mais clara é possível perceber a beleza do corpo floral, a exploração das nuances de laranjeira do narcissus embebido no aroma das pétalas de rosa e no aroma frutado de jasmim. Essa nuance frutada é explorada na saída e combinada com toques cítricos que acabam ressaltando o aspecto dourado de mel da base.


Depois de algumas horas rituale evolui para um aroma confortável de patchouli com nuances de couro, ambar e retendo parte do aroma de mel que permeia o perfume em seus primeiros momentos. De fato é uma criação que após aplicada na pele não se vai, não some em determinados momentos de sua evolução, um perfume marcante, complexo e belo. Com a ajuda da excelente perfumista Amelie Bourgeois's Stefania segue seus princípios artísticos e nos entrega outra maravilha em sua marca.

English:

It is very interesting that while many brands have been exploring the olfactory richness of notes, Mendittorosa turns to the wealth of emotions, myths and symbologies that can be attached to a perfume. It is a more artistic and certainly more personal work, one that may not find identification in a vast audience of people but one that shows a clear guiding thread of its idealizer. Stefania is not worried about following the actual wind and does not mind going against it.

The mysticism of the brand in one way or another is anchored in the classicism and timeless and this is clear to me in Rituale, one of the new perfumes of the brand that unites a wonderful fragrance with an elegant bottle. The cap of Rituale elevates the presentation to a work of art, something that makes me think so much of the universe, the chaos and for some reason in the Medusa. And the scent itself does not disappoint.

We are in front of a homage to perfumery as a ritual, the most primitive form of perfumery, where resins were burned so that their aromatic smoke ascended to the Gods. The act of perfuming is itself a ritual which is celebrated here with a composition that makes me think of amber florals of the past but that certainly does not seem dated.

I smell Rituale in its reverse, with the base notes impacting me first. It is a scent that makes me think of incense, sweetened resins, honey aroma and the aroma of animalic nuances. It is something rich, solemn and sensual at the same time, a union between something sacred and profane perhaps. And as the vision becomes clearer it is possible to perceive the beauty of the floral body, the exploration of orange blossom nuances in the narcissus but soaked in the aroma of rose petals and the fruity aroma of jasmine. This fruity nuance is highlighted at the opening and combined with citrus touches that emphasize the golden honey aspect of the base.


After a few hours Rituale evolves into a comfortable patchouli scent with hints of leather, amber and retaining part of the honey scent that permeates the scent in its first moments. In fact it is a creation that after applied to the skin does not go away, does not disappear in certain moments of its evolution, a striking, complex and beautiful perfume. With the help of the excellent perfumer Amelie Bourgeois's Stefania follows her artistic principles and gives us another marvel in her brand.