Pesquisar este blog

10 de set de 2017

Dior Collection Privee Souffle de Soie - Fragrance Review

Português (click for english version):


É bem curioso o que a Dior tem feito nessa nova leva de exclusivos da Collection Privee. Apesar de já estarem disponíveis em Paris, praticamente não há fotos, descrições ou informações desses perfumes ainda. É quase como se a marca estivesse fazendo um teste de aceitação na venda.
Julgando pelos 3 que tive acesso, a marca está indo numa direção bem diferente de boa parte da coleção anterior. Essas são criações mais delicadas, brilhantes, com um ar de coleção primavera-verão, um tipo de perfume que casa bem com temperaturas mais altas.
No caso de Souffle de Soie o nome já indica essa direção, já que o perfume em si parece aludir a uma textura aerada e sedosa. A criação é bem simples, um floral luminoso que vai na direção do Eau des Merveilles/Eau Claire de Merveilles. Uma abertura cítrica borbulhante que é seguida de um corpo floral transparente, uma interpretação moderna de um acorde de lírio do vale. A base tem toques distantes de ambergris, resinas e musk na minha opinião. As notas não se destacam tanto, formam mais um todo coeso e delicado. Interessante é que persiste bem, projetando um aroma mais intenso do que se sente na pele. Não é um perfume que sinceramente me empolgou, mas funciona muito bem quando você quer algo elegante sem ter que pensar muito e com pouco risco de ofender alguém.

English:
It's very curious what Dior is doing in this new batch of launches inside the Collection Privee. Although they are already available in Paris, there are virtually no photos, descriptions or information of these perfumes yet. It's almost as if the brand was doing an acceptance test on the retail.
Judging by the 3 that I had access to, the brand is going in a very different direction from much of the previous collection. These are more delicate, sparkling creations with an air of spring-summer collection, a type of perfume that marries well with higher temperatures.
In the case of Souffle de Soie the name already indicates this direction, since the perfume itself seems to allude to an aerated and silky texture. The creation is quite simple, a bright floral that goes in the direction of the Eau des Merveilles / Eau Claire de Merveilles. A bubbly citrus opening that is followed by a transparent floral body, a modern interpretation of a muguet accord. The base has distant touches of ambergris, resins and musk in my opinion. The notes do not stand out so much, they form a more cohesive and delicate whole. Interesting is that it persists well, projecting a more intense aroma than it does on the skin. It's not a perfume that honestly thrilled me, but it works great when you want something stylish without having to think too hard and with little risk of offending someone.