Pesquisar este blog

18 de set de 2017

Jequiti Puro Malte - Avaliação



É certamente um desafio do ponto de vista de público, orçamento e conceito fazer produtos como os que a Jequiti faz. Atendendo uma ampla gama de consumidores em uma faixa onde o preço é certamente um fator importante, vejo que a Jequiti tenta fazer algo mais acessível e universal/popular. Ao mesmo tempo, em projetos como Puro Malte a marca busca trazer para esse público uma sofisticação que não seja difícil.

Inspirado no uísque escocês, Puro Malte é uma tentativa de oferecer ao público masculino da marca uma fragrância elegante, e mais madura e que me parece bem usável. Para isso, quem quer que tenha sido o perfumista por trás da criação consegue encontrar um bom equilíbrio entre um lado mais funcional (algo que vende bem em segmentos mais populares) e um toque de algo mais exótico e interessante.

Puro Malte é razoavelmente linear, possuindo uma aura macia, levemente doce e com um quê de madeiras e de baunilha que permeia o perfume do começo ao fim. Na saída, um aspecto mais adocicado e encorpado é sugerido para dar a tonalidade da bebida. A isso é misturado um quê frutado e com um leve aspecto de cereal para mim, algo que é pontuado por um quê de especiarias que são ao mesmo tempo frescas e secas na pele. A aura de Puro Malte não é pesada, o que permite um uso mais abundante e uma versatilidade maior em regiões do país que são muito quentes. Dado todas as restrições de fazer um produto popular e que não custe tanto o resultado final é muito bem sucedido.