Pesquisar este blog

16 de out de 2017

Dawn Spencer Hurwitz Un Robe de Zibeline - Fragrance Review

Português (click for english version):

Depois de muitos anos de baixa popularidade, alguns dos estilos de composição dos anos dourados da perfumaria tem ressurgido. Se no passado eles eram centro do que poderia se chamar de perfumaria comercial, hoje eles tem brilhado como inovadores e diferentes em coleções de nicho e de artistas indepententes. E esse é o momento perfeito para Dawn Spencer Hurwitz mostrar orgulhosamente suas habilidades nesse tipo de perfumaria, voltando no seu vasto catálogo de criações e dando uma nova vida a algumas delas.

Un Robe de Zibeline faz parte dessa coleção denominada de 'Retrograde Files', parte de designs que segundo a artista saíram de produção devido a escassez de determinados ingredientes e que hoje ganham a vida em novas interpretações. Com Un Robe de Zibeline o objetivo da artista é criar um oriental ambarado spicy com toques animálicos discretos, uma textura de casaco de pele e um toque almiscarado clássico na base.

A descrição é perfeita e Un Robe de Zibeline é justamente um oriental ambarado a moda antiga, cujo o uso de (suponho eu) nitro musks criam a aura animálica sutil e as nuances de casaco de pele. É passá-lo na pele e parece que você volta nos clássicos do glamour, como se o jazz ainda fosse a música do momento e estivéssemos em um daqueles clubes que só se vêem nos filmes. A progressão de certa forma me faz pensar no Chanel No 5, que foi bem influente na época, só que a execução tem o glamour mais sexy de um Lavin, onde os aldeídos, especiarias e flores ganham uma aura mais picante devido a um pouco mais de toque animálico dos musks na pele. Para quem gosta de glamour a moda antiga, Un Robe de Zibeline é uma obra-prima.

English:

After many years of low popularity, some of the composition styles of the golden years of perfumery have resurfaced. If in the past they were center of what could be called commercial perfumery, today they have reborn as innovative and different in niche collections and with independent artists. And this is the perfect time for Dawn Spencer Hurwitz to proudly show off her skills in this type of perfumery, coming back in her vast catalog of creations and giving new life to some of them.

Un Robe de Zibeline is part of this collection called 'Retrograde Files', part of designs that according to the artist came out of production due to a shortage of certain ingredients and today come to life in new interpretations. With this one the artist's goal is to create an amber spicy oriental with subtle animalic touches, a fur coat texture and a classic musky touch at the base.

The description is perfect and Un Robe de Zibeline is just an old fashioned amber, whose use of (I suppose) nitro musks creates the subtle animalic aura and the nuances of fur coat. It's as if putting it on the skin you're back in the glamor classic time, as if jazz were still the music of the moment and we were in one of those clubs you only see in the movies. The progression in a way makes me think of Chanel No 5, which was very influential at the time, but the execution has the sexiest glamor of a Lavin, where aldehydes, spices and flowers gain a more naughty aura due to a little more of animal musk touch on the skin. For those who like old fashion glamor, Zibeline's Robe is a masterpiece.