Pesquisar este blog

21 de jan de 2018

18.21 Sweet Tobacco - Resenha/Review


A empresa americana 18.21 é um caso específico de marca onde mais importante do que quantidade de produtos é a qualidade e coerência do negócio como um todo. É algo raro de se ver ainda para o público masculino, que é tratado tanto pela indústria comercial de perfumaria como de cosméticos como um público secundário, não muito exigente e do tipo que você pode empurrar a mesma coisa várias vezes apenas trocando aqui e acolá conceitos e descrições. O que os fundadores dessa marca perceberam é que era possível fazer um apelo ao universo masculino do cuidado pessoal com um foco interessante e produtos de qualidade, que conquistaram tanto seus usuários pelo cheiro que levaram a criação de um perfume também.
Sweet Tobacco é o tipo de criação que dá gosto avaliar, pois é um trabalho relativamente fácil. Não há enganações, firulas ou superficialidades, o que a marca te promete e detalha é o que eles entregam e muito bem entregue por sinal. A inspiração do perfume é no aroma do tabaco de cachimbo da Virginia e na época da história americana onde bebidas alcóolicas estavam proibidas e tinham que ser contrabandeadas na surdina. Assim como a marca menciona, é um produto com um apelo clássico e uma inspiração moderna.
É fácil perceber o motivo pelo qual os usuários solicitaram um perfume inspirado no aroma dos produtos, pois o cheiro é excelente. Sweet Tobacco entrega o que se espera de um aroma de tabaco de cachimbo, um cheiro defumado de tabaco ricamente adornado por especiarias, mel, tonka e notas frutadas. O perfume abre com um aroma doce cítrico e frutado e que rapidamente revela um aroma floral de laranjeira, que confere um toque distinto a composição. O mel vai se revelando de uma forma doce e espessa, acompanhado de um toque de bebida. Quando o perfume se encaminha para a sua base final, o aroma mais esfumaçado do tabaco ganha presença. É o momento também em que percebe-se uma inspiração mais clássica, com a presença de um acorde de musks que remete ao aroma clássico dos musks dos anos de ouro da perfumaria. É o ponto também onde percebo que há encaixado de uma forma bem sutil um acorde que remete a um tipo de after-shave clássico, o Bay Rum. E apesar da inspiração e proposta voltada para o universo masculino, Sweet Tobacco é perfeitamente compartilhável como a marca menciona no site. É um excelente produto que pelo preço entrega muito mais do que o esperado.