Pesquisar este blog

4 de mar de 2018

Amouage Opus IV - Fragrance Review

O que eu não percebi em Opus IV quando tive um frasco dele a muitos anos atrás é que ele é um perfume que se encaixa perfeitamente no propósito original da coleção, o de ser uma biblioteca de aromas. Se em Opus II temos uma homenagem moderna aos perfumes fougeres e em Opus III a marca faz uma referência a época de ouro da perfumaria no volume IV ela volta as origens do perfume e se coloca em um território onde a marca se sente confortável e que domina muito bem, o aroma clássico, atemporal e misterioso das resinas aromáticas.
Há algo nessa composição que me faz pensar em um aspecto litúrgico, creio que o uso do incenso em confluência com outras resinas. Nós temos a falsa impressão de que o incenso em si é pesado, mas o fato é que o OE do incenso curiosamente é um aroma esfumaçado leve e mentolado. O que dá o aspecto quente, fumegante e ritualístico no incenso é a combinação das resinas de árvores e arbustos aromáticos, que tem esse cheiro mais denso, quase queimado. Para mim mesmo que não acha mirra listado percebo claramente isso hoje, pois mirra é uma resina que tem um cheiro que mistura frutas secas, uma leve nuance de couro e um cheiro ceroso adocicado que é único dela.
Pois bem, a espinha dorsal de Opus IV é essa aura fumegante e adocicada de resinas clássicas. Por cima disso se constroe um perfume complexo, exuberante, que mistura nuances de frutas doces, ervas secas e cheiro de especiarias. Na saída você tem um aroma bem pungente de cravo seco e canela em meio a doçura das resinas e o aroma das frutas. Em um segundo momento surge um aroma herbal que chega quase a remete a cheiro de folha de louro, aquele aroma que tem um pé no cheiro das ervas e outro no de bebidas alcóolicas. E depois, Opus IV entra em um terrotório que é bem a cara da Amouage clássica: muito incenso, muita resina adocicada. Dos 4 primeiros esse talvez é um dos mais fortes e é um que projeta e exala muito bem, mesmo em dia frio (considere que minha pele é péssima nesses aspectos e só menciono isso quando realmente me chama a atenção). Para quem curte perfumes orientais clássicos e exuberantes é um prato cheio.