Pesquisar este blog

4 de mar de 2018

O Boticario Egeo Man - Fragrance Review

Um dos perfumes clássicos da marca o Boticario, Egeo Man fez parte da minha história num período de transição. Antes de me tornar apaixonado por perfumes e me debruçar sobre esse assunto ganhei em um dos meus aniversários um frasco dele de presente de aniversário, usei até o fim e depois acabei não voltando nunca mais a ele mesmo quando nos meus 16-17 anos entrei para o vício. Ainda sim, tenho lembranças de um perfume agradável, suave mas ao mesmo tempo persistente e usando ele novamente hoje tenho a impressão de que pouca coisa mudou nesses anos, o que é algo raro para um perfume.
Egeo Man é descrito como um perfume sedutor e o seu próprio nome está atrelado a isso. O boticário menciona que Egeo vem do latim e que está relacionado a ser impetuoso, a querer e a desejar. Eu acho curioso uma descrição dessas, visto que a própria marca o descreve a evolução de seu aroma como algo quente que chamar a atenção de forma sutil. Acho muito difícil você ser impetuoso e sutil ao mesmo tempo, mas coerência e marketing raramente andam juntos. E de qualquer forma, Egeo Man é de uma era onde o perfume tomou esse rumo, onde o sensual era ser sutil depois da saturação erótica dos anos 80. Hoje em dia, não é mais um perfume que reflete isso em seu nome.
Tirando essas digressões, o que Egeo Man faz bem é ser um perfume confortável, básico e bem feito. Acho interessante que seu aroma toque na família do novo frescor sem necessariamente ser aquático. Há um toque do frescor cítrico meio azedinho do dihidromircenol fazendo parte do aroma da lavanda e criando o aroma fresco, cítrico e transparente. Conforme evolui, Egeo ganha traços de um fougere com o acréscimo da tonka e do gerânio na evolução. O momento descrito pela marca da sofisticação sutil vem logo em seguida, uma base dominada por musks e aveludada por doses de baunilha e madeiras que tornam seu aroma aconchegante e bem moderadamente quente (talvez mais quente dependendo de como você perceber os musks e a baunilha). Provavelmente a minha experiência influencia aqui, mas esse é um perfume perfeito para alguém que está entrando na adolescência, tornando-se mais vaidoso e começando a se perfumar e se importar com perfumes. Creio que para esse público Egeo ainda retém seu toque de sedução, mesmo que não seja impetuoso como o nome promete.