Pesquisar este blog

21 de set de 2018

Avon Atracttion Rush For Him - Avaliação/Resenha/Review


É certo que a primeira coisa que se espera de um flanker é alguma conexão conceitual e olfativa com o perfume que o origina. Nem sempre isso acontece e apenas quando o aroma construído é muito bom isso se torna irrelevante e o perfume ganha vida própria (Coco Mademoiselle e Body Kouros, por exemplo). O inverso também é verdadeiro e é o que acontece em Attraction Rush Him: nem sempre a ligação com o perfume que origina é garantia de um resultado que satisfaça as expectativas.

Creio que talvez isso aconteça em Rush pelo fato da comunicação visual do perfume sugerir uma versão mais quente e sensual da fragrância, o que na versão masculina não acontece. O Attraction Him tradicional é um perfume que surpreende, pois na faixa de preço praticada oferece um perfume com toques frescos, aroma especiados picantes, uma base amadeirada e ainda um toque gourmand distinto. A versão Rush mantém o lado amadeirado e fresco e tenta modular o aspecto spicy para torná-lo mais quente e sensual.

A saída chega até a soar promisora nesse sentido, mais complexa do que o esperado para um perfume comercial de catálogo. Há um equilíbrio entre um aspecto aquático, um toque frutado doce e um aroma especiado. Esse é listado como canela na pirâmide mas vai além disso, com um aroma apimentado quente e seco atuando de fundo a doçura spicy da canela.

Mas quando a relação parece que vai esquentar o perfume começa a brochar lentamente na pele. O toque frutado se vai, as especiarias apagam o calor e o que sobra é um aroma amadeirado oriental comportado, que não chega a ser tímido mas não tem identidade e muito menos a complexidade/surpresa do Rush original. Attraction Rush gasta todas as suas fichas na partida e na chegada fica no meio do caminho, nem uma vitória e nem uma perda. Um flanker morno do tradicional.