Pesquisar este blog

25 de set de 2018

La Via Del Profumo Milano Caffé - Avaliação/Resenha/Review



Português (click here for english):

É muito difícil fazer um perfume 100% natural que tenha dinamismo e fixação mas o perfumista Dominique Dubrana tem um talento para isso que parece ter sido refinado ao longo dos anos. Seus perfumes conseguem ser variados e intrigantes, utilizando o que poderia ser uma fraqueza como força. Eu diria que um de seus melhores perfumes é Milano Caffé, uma homenagem do perfumista a Milão e seu aroma onipresente de café.

Milano Caffé possui uma elegância difícil de se atingir com notas naturais, que tendem a ter uma certa brutalidade em suas nuances. Tudo parece se integrar perfeitamente aqui: o aroma torrado do café, o toque gourmand secundário de chocolate, as especiarias, equilibradas entre especiarias frias e quentes e um leve aspecto de cominho talvez, o que dá uma sensualidade discreta à composição. O perfume termina em uma excelente base amadeirada ambarada, que me parece combinar vetiver, labdanum, um toque de baunilha e sândalo de alta qualidade. Milano Caffé mostra o que a perfumaria natural pode ser com a proposta certa e nas mãos certas.

English version

It is very difficult to make a 100% natural perfume that has dynamism and fixation but the perfumer Dominique Dubrana has a talent for this that seems to have been refined over the years. His perfumes can be varied and intriguing, using what could be a weakness as a force. I would say that one of his best perfumes is Milano Caffé, a homage of the perfumer to Milan and his omnipresent aroma of coffee.

Milano Caffé has an elegance hard to reach with natural notes, which tend to have a certain brutality in their nuances. Everything seems to integrate perfectly here: the roasted aroma of the coffee, the secondary gourmand touch of chocolate, the spices, balanced between hot and cold spices and a slight aspect of cumin perhaps, which gives a discreet sensuality to the composition. The fragrance finishes in an excellent amber woody base, which seems to combine vetiver, labdanum, a touch of vanilla and high quality sandalwood. Milano Caffé shows what the natural perfumery can be with the right proposal and in the right hands.