Pesquisar este blog

21 de set de 2018

L'Acqua di Fiori L'Acqua Fresca - Resenha/Avaliação/Review

O nome do perfume de um dos clássicos da L'Acqua di Fiori certamente leva a conclusões iniciais de que ele seria inspirado no perfume de nome muito similar do Boticário. É difícil saber, porém, se o perfume de mesmo nome da L'Acqua surgiu a partir do sucesso da criação do Boticário como uma alternativa ou se ele foi diretamente inspirado em sua fragrância. Digo isso pois ambos fazem parte de um estilo clássico de colognes que giram em torno de variações da combinação de cítricos, ervas, toques florais cítricos e bases leves e aconchegantes.

A variação do estilo cologne da L'Acqua di Fiori me faz voltar no tempo e por algum motivo me lembra dos meus tempos de criança. Seu aroma me faz pensar em algum sabonete com aroma de ervas que usei e essa sensação trás uma aura nostálgica de limpeza. É um frescor que vai numa direção diferente, pois em vez de ser leve e cintilante parece ter um toque mais baixo, um timbre escuro de ervas e especiarias em meio ao que parece um aroma de emula o cheiro do pau-rosa. Como uma clássica cologne, seu aroma é suave, passando para uma leve base amadeirada que está ali mais para sustentar os elementos do frescor do que para projetar. 

Discordo, porém, da classificação do L'Acqua Fresca como feminino. Na minha opinião é um erro da marca, pois afasta potenciais clientes masculinos que ficariam temerosos de utilizar uma fragrância denominada como feminina. Uma classificação unissex faria mais justiça ao perfume e, creio eu, a marca perde uma grande oportunidade de fazer uma versão mais intensa dele adaptada aos gostos modernos.