31 de jan de 2019

Natura Kriska Mania - Avaliação/Resenha/Review



Quando você acessa a página da Natura que concentra os produtos da linha Kriska ainda encontra uma descrição que menciona a linha composta por fragrâncias que vão do refrescante até o sensual. Porém no final de 2017 a marca começou a mudar a cara dessa linha e transformá-la quase como que seu laboratório de testes de perfumes gourmands já que a Natura finalmente entendeu que no Brasil as consumidoras formiguinhas também compram perfumes. E assim uma linha que tinha criações apagadas e sem graça de repente se tornou uma das mais ousadas e de melhor custo-benefício da marca.

De certa forma, essa estratégia trouxe a linha Kriska de volta às origens da sua identidade, já que o Kriska tradicional, de 1995, era a versão da Natura para um dos perfumes que foi um precursor da perfumaria gourmand frutada, o clássico Lancôme Trésor. Ao criar as variações Drama e Shock a marca deu coerência novamente à linha e mostrou que era possível trabalhar com diferentes texturas gourmands, desde algo mais dark e torrado (Drama) até um aroma mais estilo algodão-doce (Shock). Com Mania a marca entrega um terceiro estilo de aroma gourmand que procura equilibrar notas mais cremosas e adocicadas com um toque floral-salgado e faz um perfume de aroma intrigante.

O aroma gourmand de Kriska Mania comporta-se de uma maneira meio mutante na pele, parecendo remeter a diferentes cheiros. Há nuances que as vezes me fazem pensar em chocolate amargo, outras vezes penso em amendoim e até mesmo aqueles amendoins cobertos de chocolate. Há algo que remete a doce de leite ou a chandelle de doce de leite e em outros momentos o aspecto gourmand parece envolver tanto o aroma mais açúcarado de caramelo como o aspecto salgado que aparece listado nas notas. O conceito floral aqui não é tão óbvio, pois as flores listadas entram para equilibrar a fragrância e dar maior luminosidade, não deixando que ela fique tão doce. A base de Kriska Mania também vai numa direção de dar complexidadade à fragrância e impedir que ele se torne enjoativo, usando (provavelmente) musks e cashmeran junto com o cedro e sândalo para criar uma textura amadeirada entre o cremoso e o seco/úmido.

Só há um ponto "negativo" em Kriska Mania: esse perfume atrapalha quem estiver de dieta. Senti-lo na pele ou na amostra em seus primeiros minutos te faz praticamente visualizar diferentes sobremesas a cada vez que você o sente, dando vontade de comer algo doce. Esse aspecto mutante de seu cheiro gourmand, que não cansa o nariz, o torna realmente viciamente se você gostar de aromas doces. Apesar de Desodorante Colônia seu aroma não some rapidamente da pele e pela faixa de preço que a marca o vende o custo-benefício é excelente.