3 de fev de 2019

Natura Biografia Masculino, Biografia Masculino Volume 2 e Biografia Masculino Desperte - Avaliações rápidas


Natura Biografia Masculino: Eu não sei explicar o motivo, mas sempre tive simpatia por esse perfume na revista da Natura apesar de não ter usado ele nunca. Entendo agora o motivo dele estar até hoje em produção, é bem gostoso. Algo em seu aroma me remete a couro, e gosto da combinação de elementos cítricos, herbais, amadeirados e especiados. Ele tem uma saída mais mentolada, um mentolado não doce e meio herbal e com um cheiro cítrico diferente de outros da natura, de um limão não adocicado. Ele me parece que suaviza depois que passa a saída e evolui para um cheiro que transita entre um aroma amadeirado que remete a vetiver, um sândalo cremoso e algo que entra e sai de foco e remete a couro. É um dos perfumes da natura com um ótimo custo-benefício.

Natura Biografia Masculino Volume 2: Poderia muito bem ser um Biografia Fraiche, já que funciona no mesmo esquema desse tipo de criação. É mais cítrico que o tradicional mas perde o aroma mentolado herbal que eu acho tão interessante. No lugar dele há algo que me parece meio aquático e que por um breve momento me remete ao acquadigió. Também não sinto mais a nuance suave de couro e o cheiro amadeirado parece mais suave, dando espaço para um aroma almiscarado limpo. Não achei nem bom nem ruim, me pareceu meio genérico. Prefiro mais o tradicional mesmo.

Natura Biografia Desperte Masculino: É um fougere básico, porém bem equilibrado. Ainda sim, perde o charme do tradicional, que tem um delicioso cheiro de vetiver. Para mim, é um aroma meio mentolado, frutal, com um quê de gerânio, que evolui para uma base meio amadeirada e levemente adocicada. O cheiro de cedro dele com esse quê meio doce me remete de forma distante ao Very Irresistible for Men da Givenchy.