3 de fev de 2019

Natura Luna - Avaliação/Resenha/Review



Lançado em 2014, Luna é uma criação de qualidade que não fica devendo nada a criações internacionais de sua categoria. Novamente, surpreendo-me com uma criação mais acessível que chega bem perto de um perfume luxuoso de muita qualidade, nesse caso o chypre frutal delicioso da grife francesa Caron, o Accord Code 119.

 Luna e Code 119 constroem sua harmonia dando mais ênfase ao aroma das frutas silvestres e ao cassis, notas pouco exploradas quando se constrói um chypre moderno. Entretanto, Luna para mim dá mais ênfase a doçura das notas de base do que ao aroma mais floral que o Code 119 possui. 2 coisas eu acho interessante nessa criação: a fase duplamente frutal e a convergência das notas para o centro da composição.

Luna abre com um lado mais cítrico e um quê de maçã e nesse momento você ainda não nota o lado das frutas silvestres. Ele porém se transforma em pouco tempo, dando essa segunda fase frutal onde já nesse momento você percebe as 3 fases da composição. É isso que eu chamo de convergência para o centro - você nota o cassis dando um toque fresco e verde para quebrar a doçura das frutas silvestres, você nota o patchouli e a baunilha equilibrados entre o doce e o amadeirado, e você nota uma rosa suave agindo de suporte para o jasmim, aqui feito realçando seu lado frutal para combinar com o acorde silvestre. Em geral, todas essas notas que eu citei anteriormente costumam seguir uma progressão para aparecerem, mas em luna eu as sinto coexistindo bem equilibrado. Foi uma grata surpresa na pele, é um bom chipre moderno de bom custo benefício.