27 de mai de 2019

Carolina Herrera 212 Vip Men - Avaliação/Resenha/Review


Conceito: 4 Olfativo: 3.5 Técnico: 4 Apresentação: 4,5
Nota Final: 3,8 Nota Faixa: 3,8
Faixa de Preço: 3 - 300 até 600 reais

Uma característica visível do sucesso de um perfume é o seu impacto no lançamento de outros perfumes que tentam atingir boas vendas mirando no público do que se tornou rentável, produzindo variações na ideia básica dele. Um que impactou a perfumaria masculina e levou a uma era de inspirações indiretas é o perfume 1 Million, lançado pela Paco Rabanne em 2008. Em 2011 começaram a surgir os primeiros perfumes que inspirados na ideia do 1 Million se tornaram bem sucedidos e vendem até hoje, e um deles é justamente a variação mais baladeira e festeira do tradicional 212 Men da Carolina Herrera.

O conceito de 212 Vip Men deixa claro que seu objetivo é ser um perfume marcante, noturno e extravagante e toda a comunicação feita ao redor dele indica isso e também deixa claro que seu posicionamento é voltado para um público jovem. Seu objetivo é ser divertido, carismático e estiloso, coisas que ele certamente consegue ser para um público mais amplo. E para conseguir isso o conceito não tem pudor nenhum de esconder sua inspiração, mas ainda sim é uma variação que funciona muito bem e acabou ganhando vida própria.

O perfume se utiliza da mesma dinâmica do One Million: uma base ambarada forte e de excelente perforMence com toques orientais e um aspecto mais cítrico para harmonizar a ideia. Me lembro que uma das coisas que me incomodavam bastante nessa criação era justamente o aroma intenso e seco do ambar, que parecia grudar no nariz e atrapalhar entender o resto do perfume. Não sei se a constante exposição a perfumes com essa nota ou talvez o dia frio tenham mostrado com o tempo que esse aspecto é menos sufocante do que eu me lembrava, o que me permite perceber o que de fato dá a identidade do perfume.

212 Vip Men troca a saturação das especiarias e as notas frutadas com nuances de tabaco por algo mais fresco e com aspecto de bebida. Na saída é possível perceber nos primeiros minutos nuances cítricas de laranja e que evoluem para um lado frutado meio azedinho, que acaba complementando a base ambarada muito bem. As notas de bebidas acrescentam um aspecto fresco e ao mesmo tempo seco à composição ao focar na vodka e no gin, 2 bebidas que não tem nada de doçura. A utilização de pimentas também ajuda a dar um perfil diferente, reforçando o aspecto mais seco da ideia e dando um leve quê de incenso.

Para um perfume festeiro, 212 Vip Men tem uma perforMence boa, uma fixação e projeção que é impactante porém sem ser ultra-intensa. Um aspecto que certamente chama a atenção é é o seu belo frasco, minimalista no formato mas ao mesmo tempo extravagante em seu aspecto espelhado. De forma geral o perfume não criada nada de novo, mas sabe surfar muito bem uma tendência, sugerindo o aspecto familiar e criando uma personalidade para si. É um perfume jovem feito para as massas, mas um que integra muito bem seus diferentes aspectos.