3 de jun. de 2019

Parfums de Marly Percival - Avaliação/Resenha/Review



Conceito: 2.5 Olfativo 3 Técnico: 3 Apresentação: 4.5 Nota Final: 2.9 Nota Faixa: 2.5 Faixa preço: 5 - entre 1000 e 2000 reais 1-Ruim 2-Regular 3-Bom 4-Ótimo 5-Excelente Imagine que você vai num restaurante de cozinha mediterrânea, por exemplo, e se sente insatisfeito pelo estabelecimento não ter opções de fast food no cardápio. O restaurante com medo de perder a clientela vai lá e te oferece justamente o que você quer, te cobrando o mesmo preço dos outros pratos e quebrando toda a coerência do seu conceito, apenas para não perder lucro. Grifes como Parfums de Marly tem lançado criações como Percival que são justamente isso, opções de fast-food com preço de luxo em cardápios que deveriam ser selecionados e diferentes do que você consome no fast-food. Para não perder nenhuma oportunidade de vendas tais grifes tem tratado seus clientes como crianças mimadas e lhes dado tudo que pedem quando esperneiam que querem. Não percebem porém que isso é prejudicial a elas mesmas e que assim elas podem estar criando monstrinhos também. Se nos melhores perfumes da Marly já há um cunho mais comercial do que muitas marcas Percival baixa ainda mais o nível da marca. Como em outras criações, novamente pouco trabalho há em explicar o motivo pelo qual Percival tem o nome que tem, e não fica claro se a homenagem é a um cavaleiro da tábula redonda ou ao nome de um cavalo de corrida contemporâneo. Se o conceito tanto faz por qual motivo então utilizá-lo? Essa abordagem medíocre é o que se espera de um perfume barato e feito para a massa, e não o de um perfume de nicho. Do ponto de vista olfativo, Percival faz sentido até um ponto. Ele é descrito como fresco, de caráter forte, sensual e refinado. Forte sim, fresco certamente, sensual depende muito das preferências olfativas, mas certamente para a massa é um perfume refinado. Agora sensual? Passa bem longe. Percival é como um liquidificador de perfumes comerciais, parece lembrar tudo ao mesmo tempo sem se fixar em nada. Você cata referências de um allure blanche num certo aspecto cítrico, em outros momentos parece que o perfume vai mais numa direção ambarada fresca de um invictus. Quando o perfume começa a evoluir sua base parece uma variação da ideia amadeirada mineral presente no abercrombie first. Perceba que esses perfumes em geral custam 1/3 do que Percival custa e a criação da Marly não entrega 3x mais que eles. O Olfativo é apenas ok, nada demais, e o técnico é mediano, performance ok e rastro ok. Percival é o que acontece quando a indústria, seja de nicho ou comercial, não tem o mínimo interesse em educar olfativamente seus consumidores e cede a qualquer vontade deles. É uma criação comercial cínica, um hamburguer gourmet que custa 3x mais com a mesma qualidade de outros, apenas você paga por uma (suposta) experiência. Certamente Percival faz outras criações comerciais da marca parecerem obras de arte da perfumaria, ele é bem medíocre.