18 de out. de 2019

Blend Oud Hour - Avaliação/Resenha/Review


Portuguese:


Esse é mais um exemplo da gourmetização da nobreza das matérias-primas e do fetiche falso com a perfumaria árabe mascarando o que na verdade é mais do mesmo na perfumaria comercial. Percebo que Oud está lentamente indo de um clichê para uma palavra vazia de significado real, uma palavra da moda utilizada para chamar a atenção. Hour aqui significa na verdade uma palavra para amor, para duas pessoas se apaixonando, porém curiosamente é um perfume de contornos fortemente masculinos, com ausência de uma perspectiva sensual entre duas pessoas de fato. Tire do contexto a distração da história vendida e o que você realmente tem é um perfume fougere modernizado para enfatizar elementos frutados de abacaxi e ter uma base mais limpa, sem musgo ou terrosidade, trocando por um aspecto ambarado, nuances de baunilha e musk. O que há de realmente árabe em um perfume que não está muito longe de uma visão ocidental de um fougere? E o que isso tem a ver com Oud? São respostas que a história fajuta de amor e o perfume não entregam, apenas distraem você. Pode-se dizer que pelo menos é o tipo de enganação que não custa absurdamente caro e que pode valer a pena caso seu desejo seja por uma apresentação bonita, visto que o conteúdo em si não é relevante.


English:



This is yet another example of the gourmetization of the nobility of raw materials and the false fetish with Arab perfumery masking what is actually more of the same in commercial perfumery. I realize that Oud is slowly moving from a cliché to an empty word of real meaning, a catchy word used for attention. Hour here actually means a word for love, for two people falling in love, but curiously it is a strongly masculine contoured scent, with the absence of a sensual perspective between two people in fact. Take the distraction from the sold story out of context and what you really have is a modernized fougere scent to emphasize fruity pineapple elements and have a cleaner base, without moss or earthiness, changing to an amber look, vanilla and musk nuances. What's really Arab in a perfume that is not far from a western view of a fougere? And what does this have to do with Oud? These are answers that the fake love story and perfume do not deliver, just distract you. At least it can be said that it is the kind of deception that is not absurdly expensive and may be worth it if you want a beautiful presentation, as the content itself is not relevant.