8 de out de 2019

Pk Perfumes Violet Chocolatier - Avaliação/Resenha/Review



Conceito: 10
Olfativo: 9
Performance: 9
Nota Final: 9.35

Composição Nota:
25% Conceito, 50% Olfativo, 25% Técnico
Preço Oficial: 55 dólares 15ml, 75 dólares 30ml, 115 dólares 60ml
Categoria: Nicho Artesanal/Independente

Composição Nota:
35% Similaridade, 40% Olfativo, 25% Performance
Preço Oficial: 109 reais 100 ml, 69 reais 50ml
Categoria: Contratipo

Na minha experiência ao longo desses anos como apaixonado por perfumes, escritor e avaliador por hobbie é a de que conhecer perfumes é como conhecer pessoas: é impossível se lembrar com detalhes de todos, por melhor que eles sejam. Ainda sim alguns que cruzam a sua vida ficam na sua memória e te seguem e as vezes você se vê pensando neles, na lembrança boa ou ruim que eles trazem. Fazem 4 anos que conheci pela primeira vez Violet Chocolatier do perfumista independente Paul Kiler e desde então nunca mais esqueci seu aroma. Resolvi matar a saudades e encontrá-lo novamente para aprofundar meu entendimento em relação a sua deliciosa aura gourmand retrô.


Violet Chocolatier foi criado por Paul inspirado num quadro que o chamou a atenção, da artista canadense Daria Jabenko. É uma forma muito direta de inspiração, algo gráfico, baseado na experiência profissional de Paul como Fotógrafo Comercial e Artista Visual. A ideia é capturar a aura retrô, aconchegante e emotiva que os tons de violeta, chocolate e verde transmitem pela imagem. É como se Paul tentasse capturar o aroma desse bolo de chocolate e violetas bem como a aura do ambiente que os cerca.

Como quase todos os projetos olfativos de Paul, Violet Chocolatier é realista, porém não é literal em sua abordagem. Quando o avaliei pela primeira vez percebi primeiramente a aura de licor de chocolate e o aroma retrô das violetas, porém hoje enxergo que há muito mais para ser observado aqui. Por mais que haja essa aura retrô gourmand em seu aroma há um bouquet floral branco de fundo que trás uma sensualidade e um mistério que envolve o aroma de uma maneira única. Violet Chocolatier é agradável, doce e aconchegante, mas esconde um lado erótico em seu aroma que você não consegue ficar indiferente, ou ama ou odeia.

E é justamente essa dinâmica complexa, aconchegante, retrô e sedutora que me fascina aqui e que me faz pensar nele. É um perfume que não é comum em seu cheiro. Seu aroma até começa como se espera, com um aspecto doce, licoroso e escuro de chocolate, como se o aroma quente e negro da massa de cacau fosse a primeira coisa que notássemos. E então você percebe as violetas, trabalhadas de uma maneira bem clássica, doces e atalcadas, remetendo ao aspecto retrô e emotivo da composição e ao aroma das famosas violetas de parma. E nesse ponto onde você pensa que há apenas aconchego e emoção surge a sensualidade de um bouquê de flores brancas com um aspecto verde discreto. É um aroma que me faz pensar no cheiro das pétalas das flores, como se recém colhidas, uma sensualidade mais delicada e tenra e que fecha a composição de uma maneira muito boa, apesar de ser um ponto que de certa forma afasta o perfume da sua proposta inicial.

Mas Violet Chocolatier não precisa ser perfeito para ser apaixonante, até porque o amor funciona assim, justamente nas imperfeições. Em termos de performance, esse não é um dos mais intensos do Paul mas ele tem uma ótima duração, de maneira que você vai sentindo, mesmo que mais discretamente, sua aura aconchegante de chocolate amargo, violetas adocicadas e flores brancas delicadas e levemente suculentas. Descobri que continuo amando seu aroma doce, sensual e retrô.