22 de nov. de 2019

Boticario Malbec Black - Avaliação/Resenha/Review



Algumas coisas podem ser afirmadas sobre Malbec Black logo de cara. Ainda que esteja dentro da família Malbec e continue trazendo o conceito do perfume inspirado na uva malbec e trazendo práticas do universo dos vinhos esse é um dos Malbec que se distancia da fragrância original. E é muito claro que a Boticario se inspirou em um sucesso da perfumaria internacional para desenvolver Malbec Black, o perfume Bvlgari Man in Black. Ambos possuem tampas com detalhes dourados, frascos em tonalidade black e em acabmento fosco aveludado e ambos tem sua personalidade olfativa baseada em notas alcóolicas e especiarias. E mesmo que não seja um perfume original Malbec Black é um perfume muito bem feito.

A linha Malbec tem sido o carro chefe no desenvolvimento da perfumaria masculina da marca e Malbec Black entrega outro perfume de sucesso na linha, equilibrado, bem desenvolvido e que dessa vez tem uma boa performance sem ser agressivo. A ideia de construir um amadeirado negro que se baseie no aroma das lascas de barris de carvalho cria um aroma aconchegante especiado que dá uma cara amadeirada mais aveludada e levemente incensada à mesma ideia presente no Bvlgari Black.

Malbec Black tem em comum com o malbec a predominância do aroma do cardamomo, só que a especiaria aqui tem seu lado especiado fresco em contraste com o aroma mais quente da canela. Ao redor deles é construído um aroma amadeirado licoroso muito gostoso que evolui para uma base onde há um equilibrio entre madeiras minerais, baunilha, resinas e um aroma amadeirado mais seco de sândalo.

Na fita olfativa Malbec Black dura dias sem perder a intensidade, mas no teste feito na pele seu aroma persite bem mas de uma maneira mais sutil, talvez mais intenso em locais onde o clima seja mais quente e úmido. Desconsiderando a questão da originalidade é um dos melhores lançamentos recentes da marca e que agrada na beleza do frasco, construção olfativa e coerência com o conceito black amadeirado.