20 de dez. de 2019

In The Box Black Flower - Avaliação/Resenha/Review


Quando avalio um perfume contratipo, será que apenas um uso me diz a similaridade? E se meu nariz e inconsciente estiver buscando justamente as diferenças? Me peguei pensando sobre essa questão ao finalmente utilizar para prestar atenção e avaliar a inspiração da In The Box para um sucesso de vendas da Tom Ford, o perfume Black Orchid. Apesar do perfume original ser vendido como feminino, o perfil meio amadeirado, chypre e gourmand dele sempre gerou muitos adeptos de ambos os sexos E por isso, Black Flower é vendido pela In The Box disponível tanto aos homens como mulheres e se propõe, como todos os outros perfumes da marca, a ser fiel ao perfume que o inspira.

E usando Black Flower na pele, é inegável que diante do meu olfato o que se desenvolve é a fragrância do Black Orchid, seguindo o desenvolvimento esperado da fragrância. Quando o testei rapidamente na pele no dia que conheci a In The Box e o seu dono esse perfume me chamou a atenção justamente pela saída ter diferenças em relação ao original, puxando um aspecto floral branco mais evidente e que na versão que eu conheci não se fazia tão presente. Porém, ao dar uma chance maior a ele, vejo um perfume perfeitamente calibrado para criar a experiência do Black Orchid.

Black Flower me entrega justamente o aroma gourmand, chypre, floral e frutado que eu sempre achei misterioso em Black Orchid. Alguns perfumes são legíveis em suas notas, de forma que você consegue ir detalhando cada uma delas conforme passam na pele. Black Flower e Black Orchid não são assim, simplesmente sinto um cheiro meio alcóolico e doce que me faz pensar, de maneira abstrata, em batida de coco com algo bem alcóolico. De fundo surgem os toques das flores, que lhe dão um aspecto mais sensual, ao passo que a base de patchouli e chocolate amargo dão um lado mais sério e fechado que torna o perfume mais unissex.

Não sei dizer se Black Orchid foi reformulado ou está mais suave em determinados aspectos em suas versões atuais, entretanto Black Flower é bem fiel ao perfume que foi lançado a anos atrás. Em um único uso talvez não teria percebido que meu nariz procurava amplificar as diferenças, mas usando novamente não notei grandes mudanças no perfume. Se você não faz questão de ter o frasco sofisticado e um perfume Tom Ford, Black Flower é outra boa alternativa. Talvez num primeiro uso diferenças sejam notadas, mas aconselho a usar algumas vezes para perceber o quão semelhante ele é ao original. Um perfume sensual e marcante e de qualidade por um preço que muitos podem pagar.