20 de dez. de 2019

In The Box Irish Green Man - Avaliação Perfume Contratipo (Creed Green Irish Tweed)


1 - Insatisfatório  2- Regular 3 - Bom 4 - Ótimo 5 - Excelente

Conceito: 4 Olfativo: 4
Técnico: 5 Apresentação: 2
Nota Final: 4,0 Nota Faixa: 4,0

Faixa de Preço: 1- Até 150 reais

Reproduzir perfumes do mercado de nicho a preços acessíveis é certamente um desafio. Não que seja uma tarefa impossível de fazer, mas é algo que exige, provavelmente mais que um perfume comercial, tanto uma troca de materiais que sejam inacessíveis como os que pelo custo tornam inviáveis o projeto. Ainda sim, a demanda do consumidor pelos best-sellers desse segmento tem levado as empresas de contratipos e inspirações a se arriscarem nesse tipo de projeto.

Irish Green Man é um dos lançamentos recentes da In The Box e que mira um dos clássicos mais imitados da perfumaria de nicho, o perfume Green Irish Tweed da Creed. Um dos diferenciais dos perfumes da Creed é justamente o aspecto sofisticado e fluído que suas composições possuem dado que a marca investe em musks de preço superior e certamente fazer essa troca mantendo performance sofisticação e identidade é uma tarefa difícil. Além disso, Green Irish Tweed é um perfume que precisa ser adaptado para um público mais amplo, principalmente pelo aspecto mais atalcado do acorde de violeta e iris da composição.

De maneira geral. Irish Green Man é ótimo no que se propõe a fazer. A versão da In The Box acentua o aspecto do frescor aromático da composição, e algo levemente frutado de fundo por uns momentos remete ao primeiro perfume que se inspirou no Irish Green Man, Cool Water. Entretanto, o aroma da violeta que surge logo em seguida trás o perfume de volta para a sua inspiração principal. Ela ganha aqui um lado mais verde e de folha e o perfume trás em evidência um frescor mais mentolado que funciona muito bem. A fase mais arriscada do perfume, a base, acaba dando mais intensidade a percepção do aroma amadeirado do sândalo, mas sem tornar o perfume mais seco em aroma ou mais pesado, utilizando musks que dão aquele aspecto macio e de segunda pele à composição.

Do ponto de vista técnico a In The Box faz um excelente trabalho e Irish Green Man está no mesmo patamar de suas melhores criações. O perfume até tem diferenças na identidade com relação ao original, porém olfativamente falando apresenta um volume de projeção constante e notável do começo ao fim de sua evolução, porém sem prejudicar a dinâmica de evolução do perfume na pele. Uma das coisas que acaba prejudicando a marca talvez é sua apresentação atual, mas Irish Green Man se sustenta muito bem pelos outros elementos e quem não se importar com isso terá um perfume que no olfativo e técnico entrega bastante pelo que é cobrado.