16 de dez. de 2019

Top 15 Avaliados 2019 - Importados Comerciais


Se você acompanha o segmento de perfumaria certamente percebeu nos últimos anos um deslocamento do interesse do público e das marcas para a perfumaria de nicho e exclusiva em detrimento da perfumaria comercial. Ainda que isso seja uma ilusão nos últimos anos o desejo não é mais por perfumes que sejam capazes de traduzir massivamente o gosto do consumidor, e sim o desejo de criar a sensação de uma experiência única, exclusiva e pessoal.

Ainda sim, criações interessantes continuam a surgir na perfumaria comercial, até mesmo em lugares onde não se esperaria. E muitos perfumes nas prateleiras das grandes perfumarias escondem os segredos de sua criatividade e personalidade por trás de seu charme mais comercial, de suas notas feitas para agradar e gerar a venda instantânea. Em 2019 fiz um exercício de cobrir perfumes comerciais aclamados e que eu não havia avaliado bem como fui atrás de conhecer grandes lançamentos que poderiam ser interessantes.

15° Lugar Yves Saint Laurent Y
Link Avaliação

Y comete o pecado clássico da perfumaria comercial, o de prometer conceitualmente e em sua propaganda mais do que pode entregar. Ainda sim é uma composição que surpreendeu positivamente em seu caráter floral de nuances cítricas, um que apesar dos tons aquáticos sugeria um aspecto de flor de limão. Uma direção interessante para uma criação que pretende ocupar o mesmo lugar do Sauvage e do Bleu.


14º Lugar Herrera Good Girl
Link Avaliação
Publicado originalmente no Facebook em Março

Apesar de lançado em 2016 apenas em 2019 resolvi avaliar na pele o sucesso de vendas Good Girl. O fato é que por trás do famoso e desejado frasco e das notas iniciais e adocicadas de saída há um floral muito sensual e equilibrado construído, um perfume que tem sustentação em seu aroma e que surpreendeu positivamente na pele.

13º Lugar JPG Scandal
Link para avaliação

Quando testei na fita pela primeira vez odiei Scandal e o achei um perfume barato, outra criação que queria ser o La Vie Est Belle. Prestando atenção e o usando vi, porém, que há um perfume muito bem construído e que trás um lado carnal e sexual escondido em sua doçura e sua suposta aura comportada.

12º Lugar All Saints Sunset Riot
Link para avaliação

Inspirado criativamente em uma perfumaria de nicho a coleção da loja de roupas All Saints evidencia que é possível traduzir a um orçamento e distribuição mais comercial aromas celebrados como exclusivos e caros. Sunset Riot é uma excelente opção ao Francis Kurkdjian Baccarat Rouge e uma que vai além de ser uma inspiração/cópia e desenvolve uma personalidade cítrica própria. É um daqueles projetos que transita entre o comercial/nicho/inspiração, mas que pelas características gerais se encaixa mais como algo comercial e que por isso entra nessa lista.


11º Lugar Olympea Intense
Link para avaliação

Junto com Scandal e Good Girl o perfume Olympea em sua variação Intense foi revisitado esse ano para ser avaliado e integra com eles a lista de bons florais brancos que misturam doçura à sensualidade das flores. Na versão Intense a Paco Rabanne encontra um equilíbrio muito bom entre doçura e aspecto floral e ainda dá um lado mais amadeirado e ambarado a composição, entregando o flanker mais harmônico do Olympea.


10º Lugar Joy Intense
Link para avaliação

Diferente de outros perfumes o lançamento de 2018 da Dior era um que precisava desesperadamente de uma versão mais intensa, intensa de personalidade. Joy é um dos perfumes mais medíocres que a Dior já fez, mas a versão Intense aposta numa combinação clássica de Jasmim e Rosa exaltando a sensualidade e elegância dessa combinação, envolvendo-as em uma base chypre que parece sair da doçura de um chypre moderno e ir numa direção mais ambarada. A Dior bem que poderia deletar a existência do primeiro Joy e substituir por esse.

9º Lugar Bvlgari Man Wood Essence
Link para avaliação

Com Wood Essence a linha Bvlgari Man continua a render excelentes perfumes ao público masculino. Apostando em um conceito de um aroma neo-amadeirado a ideia olfativa construída aqui mostra-se complexa, de boa performance e balanceada, incorporando aspectos de várias madeiras e sem recorrer a sintéticos agressivos, permitindo uma fragrância amadeirada sofisticada e moderada. Um perfume masculino comercial de muito bom gosto.

8º Lugar Valentino Donna Noir Absolu
Link para avaliação
Publicado originalmente no Facebook em Maio

Um terreno na perfumaria comercial que tem garantido criações sofisticadas e mais extravagante é o dos flankers voltados ao público árabe. Donna Noir Absolu se encaixa nessa categoria e seu suculento aroma frutado e de bebida associado ao aroma de couro cria um perfume sensual e viciante, um dos melhores que avaliei durante o ano.

7º Lugar Le Male Essence de Parfum
Link para avaliação

Jean Paul Gaultier continua a explorar e reinventar de maneira muito bem sucedida seu sucesso de vendas e seu perfume masculino icônico, Le Male. O Flanker Essence de Parfum mantém o dna fougere retrô, o aroma da lavanda, as nuances adocicadas e leva o perfume em uma direção de couro e madeiras que soa natural dentro da composição e revitaliza o Le Male, acrescentando mais complexidade ao seu aroma. Um excelente exemplo de como revitalizar uma ideia e honrar um legado.

6º Lugar Gucci Memoire d'Une Odeur
Link para avaliação

Depois de anos no tédio comercial criativo da Frida Gianinni a Gucci renasceu em todas as áreas nas mãos de Alessandro Michele, inclusive na perfumaria. Memoire d'Une Odeur é um dos projetos ousados da marca, um perfume com inspirações e aspectos retrô e que trás Alberto Morillas para criar com a camomila, sândalo e musks uma espécie de Ck One para a próxima década.

5º Lugar Armaf Niche Black Onyx
Link para avaliação

Ainda que o uso da palavra Niche nesse contexto seja errôneo, a coleção de perfumes proposta pela marca comercial Armaf entrega belas fragrâncias, variando entre aromas mais comerciais e revitalizações de ideias clássicas, caso do Black Onyx. No centro de seu aroma há um fougere de muita qualidade que explora muito bem as diferentes facetas do aroma de cardamomo, mostrando um perfume de bom custo-benefício e bem desenvolvido dentro do cenário comercial.

4º Lugar Sauvage Parfum
Link para avaliação

É bem provável que a versão parfum não agrade aos fãs da versão edt, mas para os que como eu não viram graça no primeiro Sauvage essa nova concentração surpreende ao aliar o frescor do original com uma ideia mais redonda e noturna que incorpora muito bem a utilização de incenso e sândalo, dando um ar mais espiritual e complexo a um perfume bem comercial.

3º Lugar Robert Graham Fortitude
Link para avaliação

A trilogia de perfumes propostas pela grife masculina Robert Graham é outro exemplo de uma perfumaria comercial bem feita e sofisticada a ponto de parecer perfume de nicho. Fortitude alia um belo frasco e uma construção meticulosa que incorpora bem os conceitos da força moral a um perfume equilibrado de tonka, tabaco, patchouli, couro e leves aspectos animálicos. Certamente familiar em determinadas nuances, seguindo um padrão comercial de explorar ideias que fazem sucesso. Ainda sim, uma descoberta de muita elegância dentro da perfumaria comercial em 2019.

2º Lugar Rochas Moustache EDP
Link para avaliação
Publicado originalmente no Facebook em Março

O Ano de 2019 marcou uma fase de renovação de umas marcas comerciais mais clássicas da perfumaria francesa, a grife Rochas. O relançamento do perfume masculino Moustache trouxe uma versão EDT que restaurava a criação original e uma versão EDP que se destacou pelo seu aroma oriental amadeirado sofisticado. Muitos apontam Moustache como muito similar ao YSL Tuxedo e dado os diferentes posicionamentos e preços isso só demonstra como Moustache é um perfume vencedor e sofisticado dentro do segmento comercial.

1º Lugar Sisley Izia
Link para avaliação 

Izia é facilmente o meu destaque pessoal de 2019 dentro do segmento comercial - ainda que nesse caso seja uma perfumaria comercial mais cara e flertando com o exclusivo, mas é algo que sempre fez parte da Sisley antes mesmo da existência dessa moda. Izia é uma raridade até mesmo se fosse perfumaria exclusiva e de nicho, um perfume que alia um belo e bem construído aroma de rosas a um conceito e narrativa redonda e coerente como poucos perfumes hoje em dia possue. Um triunfo de aroma, frasco, conceito e história e um perfume que personifica o verdadeiro luxo, cada vez mais escasso.