17 de jan. de 2020

Tom Ford Oud Wood Intense - Avaliação/Resenha/Review


Tom Ford foi um dos primeiros a apostar no apelo comercial do agarwood e enquanto estava dirigindo criativamente a Yves Saint Laurent comissionou o que se tornou um dos clássicos comerciais com essa nota, o perfume M7. É possível dizer que 5 anos depois Oud Wood nasceu dentro da Private Blend com Tom Ford ainda apostando nessa ideia, porém dessa vez com um toque mais ocidentalizado, limpo e elegante. Não a toa o perfume se tornou um de seus sucessos de vendas, ainda que seja criticado por ser um perfume de agarwood como se espera. Aparentemente, Oud Wood Intense nasce em 2017 justamente para atender essa demanda.

Essa criação, entretanto, acaba incorrendo em um problema, que é o da criação de um flanker intense de outro perfume, gerando expectativas de uma versão mais marcante do original. Ainda que seja mais marcante de fato, Oud Wood Intense não é exatamente uma versão, e sim uma nova fragrância baseada no conceito de agarwood, uma que promete vender o conceito na sua forma mais luxuosa e rica. É um objetivo ousado e um que infelizmente a marca não consegue honrar.

Oud Wood Intense funciona como um trailer: você vê de forma condensada as melhores partes na saída, entretanto quando analisa o projeto como um todo se decepciona pois ele não entrega o que o condensado parecia apontar. Criativamente vejo uma espécie de impasse na construção do perfume, como se não se decidisse se o flanker iria numa direção mais ousada e arriscada ou se manteria o apelo comercial luxuoso do tradicional. Dessa forma, a saída vende um aroma mais animálico e de couro, um aroma lustroso e que por breves momentos lembra o couro de 2 private blend descontinuados (Japon Noir/Bois Rouge). Em uma temperatura amena esse aspecto não se sustenta, abrindo espaço para um aroma mais herbal e aromático e um caminho que leva o agarwood em uma direção mais amadeirada e almiscarada.

Oud Wood Intense acaba cometendo o erro de não sustentar riqueza prometida. Prevejo também que é um perfume que pode decepcionar a muitos: os que o sentem pela saída podem se assustar e não esperar a evolução e os que se agradam com ela tem chances de se desapontar depois. Considerando que ele é posicionado numa faixa de preço para ser uma versão mais premium do Oud Wood é um perfume que desaponta pela falta de ousadia e coerência.