9 de fev. de 2020

Roja Dove Enigma Parfum e Enigma Pour Homme EDP


Ao longo da última década Roja Dove progressivamente mirou em direções que permitissem a ele crescer sua marca para fora da ideia original de criações inspiradas em  perfumes vintage. Um dos momentos onde ele foi muito bem sucedido em fazer isso foi a dupla de fragrâncias de 2013, Enigma Pour Femme  e Enigma Pour Homme.

Concebidos para serem criações misteriosas e atraentes, tanto Enigma Pour Femme como Enigma Pour Homme ainda miram em ideias adultas e sofisticadas, mas sem o peso ou complicação dos perfumes clássicos. A versão feminina oferece um floral mais direto e suave ao passo que a masculina mergulha de cabeça no aroma do tabaco e do conhaque.

Eu vejo Enigma Pour Femme como uma espécie de irmã um pouco mais velha do Roja Elixir Pour Femme. Ambos são centrados no aroma da Rosa de Maio mas em Enigma Pour Femme a flor ganha maior evidência e seu lado verde e retrô é enfatizado. A saída em vez de ser frutada é cítrica, o corpo floral ressalta as nuances da rosa e o fundo parece criar um aroma amadeirado onde o musk e a baunilha atuam de maneira secundária, dando um ar mais adulto e sofisticado à composição. É um perfume bom mas um que não se destaca entre o vasto catálogo de fragrâncias exuberantes da marca.

A grande estrela da dupla é Enigma Pour Homme, um dos perfumes onde Roja consegue perfeitamente fazer algo adulto e atual. Mesmo na versão EDP Enigma pour homme entrega um perfume onde o aroma alcoólico e seco do conhaque encontra uma perfeita harmonia com o tabaco. Os cítricos e as especiarias parecem acrescentar uma nuance secundário que dá a composição um cheiro de coca-cola sem lhe roubar a sofisticação. Conforme evolui um lado mais seco e esfumaçado do tabaco se ressalta e evolui a composição para uma base amadeirada e que sugere de maneira sutil o cheiro de couro. É um perfume que transmite muita sofisticação e luxo e realmente passa uma ideia enigmática e atraente.