27 de mar. de 2020

In The Box Addope - Avaliação Perfume Contratipo (Dior Addict Vintage)


Se há um dos projetos da In The Box que para mim se aproxima de ser perfeito do que um contratipo deveria ser é o perfume Addope. Inspirado em um dos melhores femininos da Dior, Dior Addict, Addope consegue reproduzir praticamente com perfeição uma fragrância que com constantes reformulações pela marca acabou perdendo parte do seu encanto com o tempo. E isso para mim é uma das possibilidades mais interessantes de um contratipo, a capacidade de reproduzir versões originais de perfumes que perderam seu encanto com o tempo.

Esse é para mim em particular um perfume especial: Addict foi o primeiro perfume feminino que senti quando tinha meus 17 anos e que me fez desejar usar um perfume feminino. Seu aroma para mim é único, um corpo floral branco que é capaz de capturar o aspecto sedutor e sensual da dama da noite por meio de uma combinação muito bem equilibrada de jasmim e flor de laranjeira com uma saída que é cítrica, floral e levemente herbal e ardida. Addope consegue capturar perfeitamente todas essas nuances que tornam as primeiras formulações do Addict tão especiais.

Como muitos contratipos o que muda no Addope é a abertura na pele, que é menos intensa e doce que o Addict original de 2002, mas que também é mais floral que a reformulação de 2012. Esse meio termo acaba sendo um ponto positivo, pois torna o primeiro momento do Addope menos sufocante sem modificar a identidade olfativa do perfume. Aos poucos as nuances vão se revelando: primeiro temos o aroma cítrico, com nuances verdes e algo meio floral e seco de pólen. Depois o aroma vai ganhando a sensualidade do original, num belo equilíbrio entre a laranjeira, jasmim e o toque único floral branco que remete à dama da noite. De fundo, uma baunilha doce e cremosa com um toque de sândalo completa o aroma sedutor do perfume na pele. Addope possui a performance e intensidade que também o aproximam da criação original, o que só ajuda a manter a fidelidade da reprodução.

A Dior infelizmente sempre reformula seus perfumes e suaviza o que os torna únicos com o tempo, mas é um grande prazer ter a chance de sentir novamente em alta resolução olfativa um dos perfumes que marcaram minha vida. Addope está entre o melhor que a perfumaria de contratipo pode fazer e é um projeto que mesmo que perca pontos por uma apresentação simples os ganha pelo conjunto da obra. A In The Box está de parabéns por esse projeto.