19 de mar. de 2020

Mugler Amen Kryptomint - Avaliação Perfume


Mugler tem mantido um padrão regular de lançar pelo menos um flanker por ano do seu sucesso de vendas Amen, uma estratégia que se mostrou acertada e que gerou inúmeras variações desde 2008. De Certa forma a marca entre intercalado flankers com uma pegada mais verão a flankers que são tão potentes quanto o tradicional.

Com Ultra Zest, porém, a marca já dava sinais de que estava a unificar a ideia do frescor e leveza dos flankers de verão à potência e exotismo dos flankers mais tradicionais, tentando obter o melhor dos dois mundos. Essa tendência se confirma com o lançamento de 2017, a versão Kryptomint.

O próprio nome dessa vez já dá uma idéia de uma exploração não tradicional do aroma da menta, procurando produzir quase que uma versão radioativa da mesma, combinando assim com a energia amadeirada, gourmand e exótica do Amen tradicional. A dinâmica de execução da fragrância é inclusive muito parecido com o que foi feito no ultra zest: mantém-se os elementos da versão original, suavizando a potência deles para dar espaço ao protagonista da vez.

A utilização da menta piperita cria uma intensidade refrescante e herbal e que acaba se misturando ao aroma terroso e canforado do patchouli, ressaltando o aspecto fresco do mesmo. As vezes o lado mais herbal dela se destaca, outras vezes uma leve doçura mentolada se mistura ao cheiro de café, tonka, patchouli e chocolate do tradicional, criando a princípio um contraste entre notas quentes e frescas e que rapidamente evolui para o que já conhecemos do Amen, apenas atenuando seu aroma como um todo.

A ideia de criar um flanker mais exótico e fresco funciona muito bem em Kryptomint, entretanto acaba faltando o contraste mais intenso que funciona perfeitamente bem em Ultra Zest. Um único senão de ambos é que as partes mais interessantes e distintas de suas personalidades se concentram justamente nas saídas e a marca poderia ter trabalhado mais para estender essas mudanças para a evolução das fragrâncias na pele. Como eles não são ultra intensos talvez compense ir aplicando em pequenas doses durante o dia para sentir novamente os momentos mais interessantes da fragrância.