21 de mar. de 2020

Mugler Amen Pure Shot - Avaliação Perfume


É interessante como alguns perfumes permitem tantas variações bem sucedidas e diferentes, que é o caso do Mugler Amen. Eu diria que isso acontece quando você possui uma base muito forte e que cria uma personalidade marcante, que permite modificar a saída e a evolução da fragrância sem que ela perca sua identidade.

Mugler tem explorado isso de diferentes maneiras, para citar algumas: com café (Pure Coffee), amplificando o tabaco e o mel (Pure Havane), colocando mais pimenta (Taste of Fragrance), amplificando o couro (Pure Cuir). Pure Shot cumpre o papel dentro do guarda-roupa de fragrâncias Amen de amplificar o lado mais aromático e fresco da fragrância, buscando transmitir a ideia do original com um aroma mais adequado a altas temperaturas.

De todas as variações Pure Shot me parece ser a que mais mexe na estrutura olfativa do Amen, deixando o patchouli e um pouco de café talvez para sugerir o original. De resto, a fragrância muda bastante, tudo repensado para uma experiência de frescor autêntico para o verão. Em vez de abrir com notas puramente cítricas Pure Shot cria uma sensação herbal gelada com seu aroma de menta, que é desprovido de doçura e não remete a pasta de dente.

O zimbro ajuda a ressaltar o frescor ao mesmo tempo que confere um aspecto mais seco à abertura da fragrância. O conceito de cardamomo é utilizado para ajudar a criar uma nuance cítrica secundária, um aspecto canforado e uma aura especiada cremosa e fresca. Ele é que acaba dando a percepção de corpo à fragrância, talvez apoiado em uma lavanda e nuances luminosas de jasmim, mas como esses não são listados é difícil ter certeza. O perfume finaliza então com um aroma amadeirado de patchouli e algo levemente exótico e transparente, tornando-se discreto na pele.

De forma geral Pure Shot é uma variação interessante da ideia do Amen mas é uma que sacrifica muito a exuberância do original para criar uma versão adequada do Amen para o calor. Se isso certamente o torna muito usável e delicioso em seu frescor acaba comprometendo em partes a identidade da fragrância, criando um dos perfumes mais intimistas da série. Isso não será um problema para quem tem o costume de reaplicar visto que o melhor da composição está no frescor da saída, mas pode ser uma frustração para quem espera a boa performance que os outros membros da família possuem.