2 de abr. de 2020

Bvlgari Le Gemme Rubinia - Avaliação Perfume

Para a nova trilogia de fragrâncias exclusivas lançadas em 2018 a Bvlgari se inspirou em famosas pedras preciosas que são conhecidas pelo seu simbolismo de poder e sua forte presença na realeza. Rubinia representa uma das pedras preciosas mais conhecidas e marcantes, o Rubi, que com seu vermelho intenso e marcante é considerado a pedra do amor, energia, poder e paixão. O vermelho e a paixão certamente poderiam ter levado a uma fragrância de rosas vermelhas, entretanto a marca evita um caminho óbvio e procura ressaltar o lado feminino do ruby e sua luz em uma fragrância centrada em um acorde de sândalo vermelho.

Das madeiras existentes no olfatório de um perfumista o sândalo é uma excelente escolha quando se deseja construir um perfume amadeirado para o público feminino. Seu aroma forma uma bela sinergia quando justaposto com flores, principalmente jasmim e ylang, com os aspectos lactônicos dessas flores combinando com os aspectos lactônicos da madeira. Alberto Morillas vai por esse caminho ao construir a fantasia de sândalo vermelho que domina Rubinia.

A dinâmica do perfume acaba se comportando como se a temática oriental floral do Guerlain Samsara fosse reimaginada para o estilo de perfumaria de hoje. Rubinia sugere o brilho vermelho com o uso de iononas, que dão uma nuance powdery e de batom à composição. As flores também brilham, com uma espécie de acorde floral abstrato, um que me faz pensar no delicado frescor floral que é difícil de se captar quando se extrai o cheiro das flores. Nuances de jasmim e ylang são entrelaçadas aos toques powdery sofisticados, aos aspectos de rosa e ao aroma cremoso e amadeirado do sândalo. Conforme evolui o perfume sugere seu lado mais quente e apaixonado com uma base que tem um aspecto torrado, algo do teor amendoado da tonka e um quê ambarado e resinoso. É uma composição muito elegante como um todo com uma espécie de delicadeza e brilho que não me parece ser tão fácil assim de se conseguir criar e garantir uma boa performance. Certamente cara, porém bem executada e sem recorrer a clichês para criar sua temática.