3 de abr. de 2020

Maracujá Brasil Pralinê & Vanilla - Avaliação Perfume

Eu vejo nos perfumes da Maracujá Brasil um certo conservadorismo nos aromas que é mais condizente com uma empresa de fato que já tem uma linha consolidada de perfumes no mercado comercial e massificado. Isso em partes é bom para a marca pois é garantia de vendas: apostar em clichês vende, principalmente se forem bem executados, com boa performance e preço.

Porém isso acaba colidindo com a imagem de uma perfumaria mais exclusiva e de nicho que a marca tenta construir em sua apresentação e na forma como nomeia suas criações. Ainda que tentem talvez associá-la ou vendê-la como uma espécie de Jo-Malone Brasileira perfumes como Pralinê & Vanilla contam uma história totalmente diferente disso.

Classificado como um chypre frutado, Pralinê Vanilla também poderia muito bem ser um gourmand ou um oriental vanilla e diferente do Vetiver & Bergamot o nome é bem apropriado para quem são os dois principais protagonistas da composição: baunilha e um aroma amendoado caramelizado. É uma execução bem comercial da ideia, bem açúcarada, uma baunilha cremosa ancorada em bastante açúcar e um cheiro meio torrado junto. O aspecto chypre fica como secundário e há também um aroma floral branco meio doce e frutado e que arredonda a ideia.

Diferente de Vetiver & Bergamot aqui não vejo uma semelhança olfativa com nenhum perfume, mas parece a forma básica de vários perfumes comerciais que fazem sucesso no momento. Não vejo riscos criativos ou um refinamento artístico que poderia levar essa Baunilha com Praliné a algum caminho novo e em um teste cego essa criação poderia ser um perfume da Boticario ou da Natura, um que fixa bem e tem performance. Vanilla & Pralinê é competente, bem executado e acessível mas é artisticamente nem um pouco inovador ou empolgante.