30 de abr. de 2020

Parfums MDCI Les Indes Galantes - Avaliação Perfume


Lançado em 2015, Les Indes Galantes é uma das criações da Parfums MDCI que parece não ter causado muito impacto desde sua criação. Considero isso intrigante, dado que a MDCI é celebrada entre os apaixonados por perfumes pelos seus perfumes e frascos, ambos complementares em sua beleza, aspecto clássico e contraste de detalhes.

Criado pela perfumista Cécile Zarokian, Les Indes Galantes forma uma dupla com Cio Cio San de perfumes inspirados em obras do mundo da ópera. Aqui temos a inspiração numa ópera francesa de 1735 com atos inspirados em diversos locais exóticos da época (Império Otomano, Peru, Pérsia e América do Norte). O criador da ópera teria se inspirado em danças tribais de indígenas da Louisiana e que teriam acontecido em paris uma década antes da criação da ópera.

Cécile Zarokian escolhe um aroma recorrente em suas criações para passar o aspecto desses amorosos indígenas, a baunilha. Aqui não temos uma baunilha linear e açúcarada, e sim uma baunilha mais quente e complexa, trabalhada ao redor de exóticas notas que parecem refletir os diferentes locais dos 4 atos exóticos dessa peça. A perfumista também recorre a outro tema que ela executa muito bem em suas criações, o incenso.

Em termos de dinâmica de evolução o aspecto exótico e intenso de Les Indes Galantes me remete a outro perfume que também algo bem exótico em sua execução, Amouage Interlude Man. Les Indes Galantes trás de uma maneira mais amorosa a explosão de ambar, especiarias, couro e notas adocicadas que vemos no perfume Interlude Man, porém com menos ênfase nas especiarias e notas esfumaçadas e com mais intensidade na baunilha, couro e nas resinas adocicadas. É um perfume sensual, envolvente, exótico e de boa performance na pele e justamente por todas essas características me surpreende que não seja um perfume muito comentado ou procurado. Mas para os fãs de perfumes na linha do Interlude Man e que desejam algo selvagem porém mais amoroso esse aqui vale a pena ser conhecido.