25 de mai. de 2020

Avatim Seleto - Avaliação Perfume



Ganhe 5% off no decant de Seleto com o cupom PDDEGUIDO5:
https://rb.gy/pafd2m

Como outras empresas que entraram no mercado brasileiro de perfumaria a Avatim foi aos poucos ganhando seu terreno, comendo pelas beiradas entre as gigantes ao apostar mais no segmento de produtos para o corpo e o ambiente. Após ter sua marca consolidada no mercado a empresa resolveu apostar em algo mais luxuoso e de prestígio, lançando seu deo parfum masculino, Seleto.

Eu diria que Seleto demonstra boas intenções e vontade de arriscar com algo mais exclusivo e que realmente reflita a natureza do conceito e do nome. Para isso, a marca diz se inspirar em Art Decó e na sofisticação do uísque para oferecer algo único, discreto e cheio de personalidade. Certamente alguns desses objetivos são atingidos, enquanto outros deixam a desejar.

Ainda que seleto tenha personalidade e seja discreto sem ser sem graça a Avatim não se diferencia das outras empresas no mercado. Não há nada de único na perfumaria brasileira em passar contratipos/inspirações como algo lançamento e novidade. Entretanto, é realmente uma boa inspiração: há um couro se passando por madeiras e agarwood aqui e que se destaca em relação ao aspecto mais atalcado de iris. Ela acaba aparecendo em segundo plano, acompanhada de de um leve toque adocicado e um aroma mais resinoso que acompanha a fragrância. Em um último momento a fragrância parece ir numa direção mais amadeirada e permanecendo de maneira discreta na pele.

A marca infelizmente perde a chance de utilizar de fato a referência do uísque e trazer algo mais distinto e seletivo. Mesmo no frasco a inspiração do uísque se traduz de maneira pobre: em cor, formato e tampa Seleto é uma reciclagem do frasco do Avon Signature, com um S na frente. Seleto tem boas intenções e é uma aposta ambiciosa da Avatim, mas a marca precisa investir mais em trazer algo que de fato seja único e que não se apoie em referências internacionais para ser seletivo.