29 de mai. de 2020

Café de Parfums Les Fleurs Rouges - Avaliação Perfume


Um dos problemas de ir contra interpretações esperadas e óbvias de uma temática gourmand é o perigo de tornar a temática inicial irreconhecível. É um risco que a Café de Parfums correu ao fugir de execuções diretas e mais literais de suas fragrâncias. E por mais que elas sejam excelentes e impecáveis no aroma elas nem sempre cumprem o seu propósito de transmitir de uma maneira conceitual a sobremesa que as inspira.

Les Fleurs Rouges trabalha com um tema que tem bastante espaço para ser executado na perfumaria, inspirando-se na delícia turca. Também conhecida como lokum, loukum ou rahat lokum essa é uma espécie de manjar/bala feito de açúcar, amido de milho e água de rosas. Há muitas variações na forma de fazê-la e é comum encontrar receitas onde são incluídos pistache, avelãs e nozes. Ao mesmo tempo que é uma temática com amplo espaço para criar há dois perfumes de nicho clássicos que moldaram o que esperamos da temática: Keiko Mecheri Loukhoum e Serge Lutens Rahat Loukoum. Ambos criaram uma fantasia tão forte de delícia turca a base de amêndoas, cereja, mel e rosas que novos perfumes nessa temática para o bem ou para o mal serão comparados com eles.

E aí está o principal problema pois Les Fleurs Rouges não é uma fantasia de delícia turca a base de amêndoas, cereja e mel. Muito menos é uma que utliza pistache, avelã e nozes. O perfume em si parece ir para uma delícia turca minimalista, apenas focando nas rosas, notas cítricas e em uma leve sugestão de açúcar. O perfumista escolhe uma variedade de rosa mais suculenta e frutada e que casa bem com a temática. Ainda sim tudo aqui está mais para uma geléia de rosas do que uma delícia turca em si, remetendo a uma versão mais harmônica e sofisticada do perfume Rose Jam da Lush.

Les Fleurs Rouges é um grande Ode as Rosas, a uma abstração gustativa delas que captura suas características frutais e adocicadas que a tornam possível de ser usada como um ingrediente nobre e diferente na culinária. Como ele ainda captura uma temática gourmand eu pessoalmente trocaria a descrição da inspiração para refletir a real natureza do perfume na pele e evitar decepções.