19 de mai. de 2020

Heeley Figuier - Avaliação Perfume


Um dos perfumes mais antigos da marca, Heeley Figuier  fiel ao nome, um perfume realista de figo que captura tanto o aroma do fruto como das folhas do figo. Entretanto, ainda que realista há aspectos estranhos em seu aroma que o tornam uma experiência desconfortável na pele.

A princípio, há um cheiro de grama verde e cortada, mas logo em seguida vem um aroma que remete a lustra móveis.  Na evolução bem um aroma de figo como o esperado, as nuances cremosas, lactônicas e verde do fruto e o aroma herbal, levemente empoeirado, das folhas.

Algo do cheiro verde do fruto incomoda a princípio, lembrando o cheiro de sabão de coco do perfume Marc Jacobs. Quando isso passa o que prevalece é o aroma das folhas com o aroma das frutas de forma bem distante. Depois de 2 horas o perfume se transforma em um aroma amadeirado discreto demais, que só é sentido próximo a pele ainda que dure o resto do dia. Um Heeley que parecia bom a princípio, mas que tem para mim mais pontos contra que a favor.