14 de mai. de 2020

Lubin Le Vetiver - Avaliação Perfume


Lubin Le Vetiver foi um dos primeiros perfumes a ser disponibilizados no catálogo da Lubin após a centenária marca francesa voltar a vida em 2005 com o lançamento do perfume Idole de Lubin. Criado pela perfumista Lucien Ferrero em 2005 o perfume poderia ter sido uma criação clássica da Lubin já que seu aroma de Vetiver remonta aos clássicos da temática da perfumaria, as criações Guerlain Vetiver e Vetiver de Carven.

Seguindo os clássicos, Lubin Le Vetiver usa o material que o nomeia como estrela central da composição e sem mascarar nenhuma de suas facetas e sem construir o aroma de vetiver de maneira sintética. Ele está presente desde o começo, com sua aura amadeirada, seu cheiro de folhas secas, sua tonalidade que lembra couro e borracha ao mesmo tempo. Ao redor dela, é criada uma rápida saída cítrica, com nuances levemente amargas e refrescantes, que se mantém rente a pele.

Num segundo momento há um aroma especiado, que evolui para o aroma de vetiver e tabaco da base, que são suavizados pelo uso discreto da doçura das resinas que o envolvem. Segundo o site da Lubin, eles criaram esse vetiver inspirado em um inverno de paris, um vetiver invernal e clássico, e isso resume muito bem o perfume. É uma criação que apesar de ser moderna captura bem em sua essência o clássico da perfumaria francesa.