19 de mai. de 2020

Mendittorosa Sirio - Avaliação Perfume


Sirio é fiel à essência da Mendittorosa como marca que explora na perfumaria uma jornada mística e espiritual. Inspirado na estrela mais brilhante visível a olho nú e parte da constelação Canis Majoris o perfume Sirio nos propõe uma exploração mística da existência e seu propósito. E se Sirius tivesse a resposta para as perguntas eternas que nos assolam?

Pela perspectiva olfativa diria que Sirio está ligado à Lacura no propósito de trazer uma temática mais acessível e fácil de gostar. A saída da fragrância captura um delicioso acorde frutado vermelho, um que parece representar bem o brilho vermelho da estrela. Há um aroma que oscila entre uva e frutas vermelhas e se mistura a uma rosa adocicada e com nuances de bebida e que é deliciosa.

O problema, porém, é que para mim os musks de Sirio são praticamente invisíveis e o perfume parece depender bastante deles de maneira que passado as primeiras duas horas do perfume na pele o que vem depois é frustrante. Ainda que tenhamos notas potentes como oud e ambar Sirio simplesmente se apaga na pele com um aroma exótico de madeiras e notas ambaradas que está tão distante que não reflete bem o simbolismo da estrela mais brilhante no céu.

Sirio não é um dos meus favoritos da marca e a execução de seu simbolismo é um mistério para mim. É um perfume que de certa forma me representa a dinâmica que a esperança possui as vezes, na qual ela pode ser brilhante e intensa para depois desaparecer misteriosamente e nos deixar com uma espécie de vazio existencial.