26 de jun. de 2020

Avon Today Tomorrow Always Celebrate - Avaliação



Certamente a Avon tem todos os motivos para celebrar os 15 anos de existência da linha Today Tomorrow Always. Lançada em 2004 com o perfume Today, o que era para ser apenas uma trilogia de fragrâncias acabou se expandido ao longo dos anos graças a perfeita combinação de sofisticação, preço e acessibilidade. Trabalhando principalmente com o perfumista Olivier Cresp a Avon mostrou em 2004 que ela era capaz de oferecer algo mais sensual e rico e ainda sim com um bom preço. E 15 anos depois essa premissa continua a ser verdadeira com o perfume Celebrate.

Oliver Cresp volta para criar a edição limitada Celebrate como um floral romântico feito para durar. De certa forma o perfumista volta nos blocos olfativos que ele fez para o perfume Today e cria mais um ode às flores ao redor da tuberosa e do neroli. Só que dessa vez a fragrância acrescenta uma ênfase na nota de madressilva também e parece focar do começo ao fim no aroma das flores.

TTA Celebrate surpreende na pele pois é um belo floral, como se capturasse com o aroma das flores com o máximo de riqueza que seu orçamento permite. Cresp não faz uma tuberosa caricata e captura o lado mais delicado da flor, as nuances verdes e um cheiro floral branco que fica entre o jasmim e a flor de laranjeira. Cresp utiliza essas nuances de jasmim para fazer a ponte entre a tuberosa e a madressilva ao mesmo tempo que sugere o lado cítrico, verde e levemente cremoso que a flor possui.

O cedro e o musk envolvem as flores para que elas durem o máximo possível na pele e ainda que o perfume não seja tão intenso e tão sensual quanto suas 2 primeiras horas é construído uma base aconchegante e que não rouba a atenção do romantismo da flor. A única pena dessa criação é que seja uma edição limitada, pois um floral chique de qualidade desses merecia ser parte fixa do catálogo e ser usada pelo maior número possível de mulheres. Uma celebração com estilo e um exemplo do que a avon deveria fazer sempre, perfumes sofisticados e acessiveis.