1 de jun. de 2020

Café de Parfum Eden e Ashura - Avaliação Perfumes



A Café de Parfum é um caso raro de alta consistência em uma coleção de 6 fragrâncias, ainda que em alguns casos a marca vá muito longe em sua interpretação conceitual da temática de sobremesas. Sanruj se mostra muito criativo na maneira como constrói suas abstrações das sobremesas e muito talentoso nas construções olfativas, trazendo referências que não são óbvias e surpreendendo mesmo quando explora o que é óbvio.

Eden certamente seria um dos casos onde em uma outra marca teríamos uma fragrância mais comum e mediana. O perfume explora uma explosão de aromas frutais cítricos e tropicais para homenagear as tartes de frutas pela perspectiva da suculência das frutas que vão nelas. Uma em especial se destaca, o abacaxi, e a Café de Parfum entrega um perfume de abacaxi que supreende por ser capaz de equilibrar os aspectos mais exóticos, o lado verde da fruta e as nuances frutadas mais adocicadas. As frutas cítricas ajudam a compor a ilusão do abacaxi ao passo que pêssego e morango acrescentam nuances frutadas mais adocicadas e mais populares. Esse é um perfume que tenta sustentar uma explosão frutada o máximo possível na pele, o que acaba comprometendo um pouco a evolução, onde baunilha e mirra criam um fundo cremoso e resinoso bem discreto e suave.

Ashura assim como Eden também explora uma temática bíblica no nome, mas aqui a Café de Parfum se volta para a origem das sobremesas e interpreta olfativamente o que teria sido um pudim que Nóe fez para comemorar assim que saiu da Arca. A princípio Ashura é um pouco estranho, principalmente com um forte aroma de incenso e notas coníferas dando um aspecto de incenso e uma aura remota de perfumaria. Na pele porém o perfume faz uma reviravolta e trás um pudim de figo, nozes e frutas secas que é cremoso, suculento e um dos mais gourmands da marca, mesmo que não seja um gourmand açúcarado. Nesse caso quem faz a sustentação da composição é o tabaco junto com o cedro, dando uma aura amadeirada e um aspecto de tabaco frutado aos últimos momentos da composição. É talvez um dos perfumes mais exóticos, complexos e bem sucedidos na representação da temática dentro da excelente linha da marca.