12 de jun. de 2020

Parfums de Nicolai New York - Avaliação Perfume

New York é um perfume fougere clássico, sobrevivente das criações da década de 80 e que mantém o aspecto clássico dessa família grandemente apreciada pelo público masculino. O talento da Patrícia de Nicolai, pertencente a família Guerlain, é evidente na harmonia pelas fases que o perfume passa na pele.

A primeira delas é uma abertura cítrica que já dá o tom clássico da composição, e que remete, distantemente, ao aroma cítrico de um dos grandes masculinos da Guerlain, Habit Rouge. New York possui um aroma cítrico um pouco atalcado, um pouco doce e um pouco ácido, com a predominância do limão e o uso da bergamota de segundo fundo. Logo em seguida já é possível notar a combinação lavanda e cravo, que dá a aura clássica e típica de perfumes fougere, aparecendo bem harmoniosa com o aroma cítrico da saída.

As especiarias e ervas provençais complementam essa idéia, mas nunca roubando a cena. Conforme evolui, New York ganha um aspecto de couro sutil e um aroma cremoso de baunilha que lhe confere um aspecto um pouco oriental na base. A princípio não foi um perfume que me empolgou, por não oferecer novidades, mas sua evolução é tão agradável, harmônica e estruturada que observá-lo evoluir na pele é como ouvir novamente uma melodia de boa qualidade.