16 de fev. de 2011

Menthe Fraiche - Heeley

Notas: Menta, Bergamota, Cedro Branco, Mate, Chá Verde, Folhas de Lotus, Cedro Branco

O olfato é um de nossos sentidos que atua indiretamente em nós de forma visual. Afinal, vivemos num mundo cheio de referências perfumadas, que são captadas pelo nosso cérebro, registradas, e reavivadas quando sentimos algo parecido com o que gerou a lembrança. Algumas notas parecem ter uma associação bem clara com objetos ou hábitos de nosso dia-dia, o que pode tornar difícil o uso delas em um perfume. É o caso da menta. Perfumes com menta costumam gerar sempre comentários, por parte das pessoas, relacionados ao aroma de goma de mascar ou de pasta de dentes. A menta possui um cheiro bem fresco, que causa uma sensação gelada e refrescante, mas por causa dessas associações usá-la num perfume não é uma tarefa fácil.

O designer e perfumista Heeley se lança a esse desafio, o de criar um perfume mentolado e que fuja da relação direta com a higiene bucal, ao criar Menthe Fraiche. Favorecendo o estilo minimalista, Heeley cria um perfume de menta que segue um estilo bem próximo aos perfumes da hermés com um perfume focado em poucas notas e de um aroma que nunca se torna gritante na pele. Menthe Fraiche começa com um cheiro bem refrescante; inicialmente tem-se a impressão de que a menta irá seguir o mesmo caminho de sempre, o de uma menta que lembra chiclete e pasta de dente, mas os detalhes que a cercam evitam que essa comparação se mantenha por muito tempo. A Bergamota confere algo cítrico a menta, enquanto o mate e o chá verde criam uma estrutura verde e herbal que ressalta o cheiro da folha da menta, aquele cheiro de seiva verde e ligeiramente amargo que se nota ao esmagar uma folha de menta entre os dedos. A progressão acontece para uma base bem transparente, de um amadeirado adocicado e aveludado, com uma leve impressão floral, mantendo o estilo simples e vegetal que domina a criação nas suas primeiras horas.

Menthe Fraiche não é chocante, estranho ou invasivo. O design olfativo feito na nota é bem cuidadoso e moderno, evitando cair na armadilha da associação com pasta de dente que um perfume centrado em menta poderia gerar. Seu caráter refrescante o torna perfeito para dias quentes, e sua sutileza faz dele um cheiro cotidiano de qualidade e que dificilmente irá incomodar alguém.

2 comentários:

Paulo Italo disse...

Olá Rick!
Seu blog é uma mina de ouro! Daqui pra frente sou leitor assídou!

Sabe onde posso encontrar esse Heeley para compra online?

Abrçs

Henrique/Rick disse...

Olá Paulo!
Muito obrigado pelo comentário elogioso!
Sei como conseguí-lo online, entra em contato no meu email do perfil do blogger que eu te falo melhor a respeito disso.
Abraços!

Postar um comentário

Commentários/Comments