9 de jul. de 2020

Amberfig Ispahan - Avaliação Perfume



Compre o decant com 5% de desconto usando o cupom PDDEGUIDO5:
https://rb.gy/hqghed

Cedendo aos desejos das formiguinhas do mercado nacional a Amberfig tem procurado inspirações diversas nesse universo para trazer fragrâncias que não usem nuances gourmands como desculpa para a falta de criatividade. Em Ispahan a marca vai atrás de um doce incomum criado pelo renomado chefe Pierre Hermé. O Ispahan é uma de suas criações assinaturas, uma espécie de macaron feito de rosa, framboesa e lichia. Ispahan também é o nome de uma variedade de Rosa de Damasco e que provavelmente inspirou a Pierre Hermé pelas seu aroma floral com nuances de fruta, mel e tabacco.

A versão que a Amberfig produz aqui é fiel tanto ao universo da sobremesa quanto o da flor e entrega um charmoso gourmand que em perfume é o equivalente de uma delicada e deliciosa sobremesa. Não há excesso de doçura aqui, o perfume parece ter sido pensado em termos de texturas, o que é um desafio com a variedade de rosa escolhida, que tende a dar um aroma mais pesado e oriental/árabe a uma composição quando em evidência.

É interessante que Ispahan comece vintage e se transforme moderno conforme o tempo passa na pele. Há um aspecto floral verde e meio ardido que me remete as rosas do passado e me faz pensar em alguma criação da Lavin. É uma maneira de nos mostrar que estamos em território de um perfume sofisticado e não um mero gourmand.

O aspecto gourmand vai se desenvolvendo lentamente, mostrando a princípio o lado vermelho e silvestre das frutas para depois ir dando a doçura. A rosa vai se mostrando mais delicada, num espécie de creme de rosas com baunilha e um aspecto atalcado de iris. O lado mais doce surge ao redor das nuances licorosas e de mel e tabaco da rosa, que são acentuadas pela forma como a baunilha e fava tonka são trabalhadas no perfume.

Há um nível de sutileza e nuances aqui que a Amberfig não possuia no início da criação da marca e isso mostra um desenvolvimento interessante de sua perfumaria, trazendo aromas menos saturados mais ainda sim complexos e muito bem concebidos.