23 de ago. de 2020

Femme de Rochas Vintage - Avaliação do Perfume



Rochas Femme foi criado por Edmond Roudnitska, um dos maiores perfumistas da história, durante o período da Segunda Guerra e concebido para ser um presente de Marcel Rochas a sua esposa, um que foi oferecido também ao público geral. É interessante como Edmond parece ter trabalho com as limitações de matérias-prima do período da Guerra para compor algo compacto e ao mesmo tempo profundo e complexo.

A visão do perfumista de um perfume feminino reflete o que me parece ser o espírito feminino daquela época: é um perfume que alia uma sensualidade animálica amarrada a um aroma frutal de ameixas e a uma base amadeirada e musgosa e séria, se firmando entre sensualidade e seriedade.

E isso é algo que o Edmond faz com perfeição no Femme vintage: o aroma de ameixas, após uma rápida abertura cítrica, é sempre acompanhado e balanceado por um aroma de nuances animálicas entre o discreto e o um pouco mais intenso e combinado a um aroma tom lactônico, envolto em flores brancas doces, não indólicas, e contrabalanceado pelo cheiro de musgo e pelo aroma amadeirado.

Femme é um perfume de tempos de crise, uma criação que tira o melhor possível do que tem a mão para oferecer um pequeno prazer e ajudar as pessoas, nesse caso as mulheres, a passar com pequenos luxos por um período de dificuldade. É interessante notar que, em tempos atuais, a versão vintage do Rochas Femme dá um excelente perfume masculino mais sofisticado devido a presença marcante do musgo e das madeiras e ao aroma frutal não muito doce na pele.