2 de set. de 2020

Acqua di Parma Colonia Quercia - Avaliação Perfume


Adquira o decant com 5% de desconto (PDDEGUIDO5): https://rb.gy/15peum Quercia faz parte da coleção da Acqua di Parma que homenageia de maneira mais extravagante e intensa matérias-primas nobres da perfumaria. No caso de Quercia estamos falando de uma das mais amadas e faladas da perfumaria - o Musgo de Carvalho. Quercia homenageia o Carvalho, árvore considerada sagrada desde os tempos primitivos e celebrada por sua grande longevidade, sendo uma árvore símbolo de generosidade, coragem, força e proteção. O musgo que cresce nos carvalhos é celebrado como um elemento crucial da perfumaria, sendo um material que confere harmonia, profundidade e fixação nos perfumes fougeres e chypres. Parece natural que para celebrar o carvalho a Acqua di Parma recorra às sua assinatura aromática tradicional e enquadre a composição dentro de um estilo fougere mais clássico. Entretanto, um dos perigos de um perfume fougere muito clássico é soar datado ou barato e a percepção que eu tenho aqui é que a marca procura modernizar a ideia para que isso não ocorra. Dessa maneira é necessário provar Quercia na pele, dado que seu aroma faz uma boa transformação conforme o tempo passa. A saída de Quercia é típica de um perfume fougére clássico, onde os cítricos tem seu lado adstringente acentuado e há especiarias e ervas aromáticas de fundo criando aquela aura tradicional de barbear.A saída me remete imediatamente a mesma ideia presente no Colonia Club, entretanto sem o aroma de grama e o aspecto leguminoso que o gálbano trás dentro de uma composição. Sem ele o aroma verde e fresco do gerânio acaba dominando parte da abertura de Quercia, com o musgo atuando de fundo para dar um leve toque terroso. De certa maneira Quercia tenta criar um perfil olfativo abstrato para o cheiro da árvore do Carvalho em si e é nessa fase que o perfume se transforma em algo bem mais moderno e apartado da saída. Conforme os cítricos e o gerânio somem o perfume vai se tornando um amadeirado cremoso e levemente amendoado. O cedro serve mais para trazer o aspecto que te faça lembrar de maneira e de fundo há um pouco de ambroxan trazendo luminosidade e sensualidade à composição. Rente a pele o musgo acaba dando um toque macio, terroso e quente mas está longe de ser um estilo de finalização que vc encontraria em um perfume fougere do passado. Acqua di Parma Colonia Quercia acaba sendo surpreendente por essa fusão de estilos de perfumaria moderna e tradicional e essa surpresa certamente irá agradar a alguns e desagradar a outros. Particularmente para um perfume que celebra uma árvore sagrada e longeva Colonia Quercia poderia ter uma performance um pouco melhor. Seu aspecto equilibrado, entretanto, o torna uma opção versátil e elegante dentro dessa linha da Acqua di Parma.