10 de set. de 2020

Maracujá Brasil Maracujá E Patchouli - Avaliação Perfume

 



Adquira o decant com 5% de desconto (PDDEGUIDO5):  https://rb.gy/2nvcnz

Diferente do perfume feito mais voltado para o público feminino (Maracujá & Baunilha), Maracujá & Patchouli é uma aposta mais abstrata da marca na temática frutal e azedinha do maracujá pensando dessa vez nos homens. Da mesma maneira que seu par feminino temos uma boa surpresa aqui, a de um perfume que não é um clone ou inspiração de outras criações do mercado. Outra grata surpresa é que a marca parece homenagear o estilo fougere aromático da perfumaria clássica e trazê-lo para algo mais moderno, fresco e frutado.

Vejo isso como uma espécie de aprendizado, como se a Maracujá tivesse percebido o carinho e potencial do seu clássico Homem Bleu e resolvesse apostar então em mais um perfume com ares retrô e uma aura mais robusta e adulta. Talvez até por isso a nota de Maracujá aqui não seja explícita e literal, funcionando mais em suas nuances azedinhas para harmonizar com o anis e a lavanda e apenas sugerindo o lado mais frutado e suculento.

Na saída de Maracujá Brasil é como se voltássemos no tempo onde criações como Sr N, North Wind, Connexion e Essencial eram as principais tendências da perfumaria masculina nacional. Vejo aqui um estilo de lavanda aromática e anis fresco e mentolado que me fazem pensar nos clássicos da Natura, porém menos carregado nos cítricos e nas ervas e com o aspecto frutado e meio azedinho do maracujá, trazendo modernidade à ideia. O cardamomo também faz parte dessa primeira fase, trazendo um aroma especiado cremoso e fresco.

Conforme o perfume evolui o aspecto mais retrô, herbal e aromático vai cedendo espaço para uma criação amadeirada de diversas texturas e nuances. Uma prova de que esse é um fougere moderno é a forma como o patchouli, musgo e ambar são trabalhados aqui, sem dominar a composição ou torná-la terrosa e carregada demais. Eles abrem espaço para que um vetiver mais mineral e um sândalo mais cremoso também sejam protagonistas evidentes. 

É interessante que mesmo na evolução um rastro dicreto do lado mais frutado acompanhe a fragrância, que se mostra equilibrada e com boa projeção e performance. Vejo também que há potencial para um uso combinado (layering) do Maracujá & Baunilha com o Maracujá & Patchouli. É uma maneira de dosar a doçura frutada e gourmand do primeiro ou de tornar mais compartilhável e ainda mais contemporâneo o segundo. Esse é um par de fragrâncias da Maracujá que funciona muito bem ao que se propõe a fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Commentários/Comments