30 de set. de 2020

YSL Y For Men EDP - Avaliação Perfume

 


Adquira o decant com 5% de desconto (PDDEGUIDO5): https://rb.gy/cdw7dm

A princípio a formulação EDP do perfume Y For Men me intrigava, em especial pela sua excelente aceitação. O que as pessoas viam nesse perfume para cobiçá-lo que eu não via? Ao prová-lo pela primeira vez na pele seu lado mais ambarado e amadeirado não me agradou; pelo contrário, me senti sufocado pelo aspecto bruto e intenso de seu aroma na pele.

Entretanto, há perfumes que são como charadas, a serem decifradas tanto para sabermos se gostamos ou não. Muitos perfumes comerciais são assim, onde o perfumista parece operar dentro do que é permitido pelo gosto do público mas deixando aspectos escondidos e pistas que precisam ser decifradas com o tempo e com a ajuda. E com a ajuda da página de Facebook Scent Chemistry e com o tempo Y For Men passou a fazer sentido para mim na pele.

A versão EDP do perfume de 2017 continua a mirar no público jovem, a geração Y, e a prover a eles um perfume fougere contemporâneo e que traga a sensação de jaqueta preta e camiseta branca. É interessante que isso seja feito, conforme aponta a Scent & Chemistry, mirando clássicos do passado, criações como Cool Water e Brut. É como se tais perfumes fossem os moldes dessa jaqueta preta, cuja as formas são modernizadas para se encaixar em uma nova geração.

Y For Men EDP trás a ideia do novo frescor, tão popularizada com o perfume Cool Water, estendendo ele mais numa direção aldeídica e brilhante, que é balanceada por um contraste com elementos cítricos e frutados. É interessante que ao fazer isso aspectos aquáticos acabem quase passando despercebidos em meio ao tom brilhante, levemente frutado e fresco da saída. 

Em vez de irmos numa direção lavanda, o perfume parece puxar um contraste entre o aroma mais fresco, floral e verde do gerânio com um lado mais aromático e seco de sálvia, encaixando uma doçura bem sutil de fundo. A base amadeirada que me pareceu tão agressiva num primeiro contato se mostra mais equilibrada, trazendo bastante musk para criar a textura de camiseta branca e colocando materiais ambarados potentes e contraste com musgo, olibano e madeiras, como se brincando com as texturas entre o moderno e o clássico. 

Para o consumidor, Y EDP consegue justamente trazer o que a nova geração procura: frescor cítrico, que projeta e dura de maneira intensa. Eu não me vejo necessariamente nesse público e por isso não é um perfume que me faz brilhar os olhos. Entretanto observando atentamente seu cheiro e entendendo suas engrenagens olfativas consigo ver algo muito mais interessante e bem feito do que a princípio pude ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Commentários/Comments