7 de out. de 2020

Avon Attraction One Fresco - Avaliação Perfume

 


Uma das tendências na perfumaria que voltou com tudo nos últimos anos são os perfumes sem gênero, antes denominados de unissex/compartilháveis e hoje vistos como genderless por muitas marcas. A Avon resolve apostar nessa tendência com a dupla Attraction One trazendo um conceito de fragrâncias feitas para intensificar a química do casal e conectar corpo e mente. Visualmente é bem claro que a marca pretende resgatar e homenagear um dos maiores clássicos do gênero, a dupla de perfumes Ck One E Ck Be.

Attraction One Fresco é feito para ser o lado mais luminoso e refrescante da dupla, que se conecta entre si por um acorde chamado de fusion e ressaltado pela marca pelas notas de fava tonka e lima. É interessante que ainda que a marca escolha fazer um perfume cítrico amadeirado ela trás algo pouco visto em perfumes da avon, uma nota de figo.

Assim temos na saída um aroma bem gostoso de figo, algo que captura moderadamente o lado lactônico e docinho do figo mas que foca mais em seu aspecto verde e fresco, combinado aqui com um cítrico levemente floral e que remete a petitgrain de árvores cítricas. A tonka aqui acaba acrescentando um lado amendoado que complementa bem o frescor sutilmente doce do figo ao passo que a lima trás um toque cítrico mais ardidinho e seco.

Como attraction one é feito mais para ser a parte fresca da dupla uma de suas limitações é a performance após a primeira hora de uso na pele. Passado as notas mais voláteis que dão sua identidade a base é simples e suave, focando em um cedro aveludado e mineral e em musks macios, o que deixa o perfume rente a pele. É uma fragrância que acaba entregando algo suculento e de qualidade mas que te exige reaplicações para reviver a sua parte mais gostosa na pele.