21 de out. de 2020

Jean Paul Gaultier Kokorico - Segunda Avaliação Perfume

 


Adquira o decant com 5% de desconto (PDDEGUIDO5): https://rb.gy/k3rsxp


Após ter explorado bastante o sucesso do Le Male com edições de verão e o flanker Fleur du Male Gaultier propõs em 2011 o que seria um novo pilar dentro de sua coleção de fragrâncais masculinas. Kokorico propunha-se a ser tão ousado quanto Le Male, com um frasco que teria sido modelado de acordo com as proporções do rosto de Jean Paul Gaultier e que de lado teria a mesma silhueta do Le Male. 


O perfume em si também tinha uma inspiração inusitada, com o nome inspiração no canto do Galo e uma fragrância que representaria um homem como se fosse, digamos, o dono da galinheiro, um exemplar masculino poderoso e sensual. A ideia em si é até interessante, mas Kokorico falhou em criar uma imagem forte o suficiente e um aroma marcante o suficiente para que se mantesse em produção continuamente.


Não se pode dizer que a fragrância é um fracasso; pelo contrário, Olivier Cresp e Annick Menardo fazem um excelente trabalho de perfumaria comercial bem estruturada e até mesmo ousada. Kokorico foi um gourmand amadeirado no começo da década onde a procura pela doçura na perfumaria masculina começaria a crescer. E sua fragrância consegue equilibrar bem doçura, frescor e um aroma amadeirado seco.


A folha de figo faz o papel da saída em Kokorico, trazendo um aroma principalmente herbal, levemente mentolado e com uma sugestão discreta da fruta também. Logo em seguida surge um cacau mais amargo e licoroso, como se tivessemos as folhas de figo mergulhadas em chocolate amargo. Essa sessão conduz rapidamente a uma base amadeirada terrosa e semi gourmand, onde o patchouli predomina e vetiver e cedro complementam dando um aspecto amadeirado mineral e aveludado. Kokorico não possui uma projeção tão grande passado a saída porém demonstra ser um aconchegante perfume amadeirado com nuances gourmands. Talvez com um conceito melhor e uma projeção melhor poderia ter sido um grande sucesso de vendas.