6 de out. de 2020

Natura Essencial Mirra Feminino - Avaliação Perfume

 


Essencial Mirra feminino inverte o que se esperaria da linha essencial, onde o perfume feminino costuma ser mais ousado e complexo e o perfume masculino mais fácil de gostar, mais comercial. Por algum motivo nesse lançamento a marca resolve apostar em lançar algo mais arriscado e clássico com a fragrância masculina e opta por algo mais familiar e comercial com a versão feminina.

Ainda que o breu branco e a mirra estejam presentes em Essencial Mirra Feminino eles estão à serviço de uma ideia que flerta com o chypre moderno e o oriental floral, parecendo indecisa entre qual dos dois caminhos seguir. É como se a marca trouxesse elementos do perfume Una Artisan e do Narciso Rodriguez Her para uma variação que põe mais ênfase no aspecto resinoso da base.

Essencial Mirra Feminino abre com algo cítrico e levemente frutado, trocando o aroma de frutas secas do Mirra Masculino por um frutado mais suculento e característico de um chypre moderno. No coração percebe-se uma rosa aveludada e adocicada com nuances de um floral branco elegante, uma mescla de jasmim e algo de lírio do vale.

Como o objetivo é por evidência na Mirra e no Breu branco a base do Essencial Mirra na versão feminina diminui a evidência do patchouli e do musk e abre espaço para que o lado resinoso e frutado seco da mirra apareça de maneira discreta, combinado com a doçura mais quente e seca do breu branco e com um aspecto amadeirado bem suave. Ainda que não seja o grande destaque da dupla essa versão feminina agrada bastante pelo equilíbrio e versatilidade aliado à sofisticação, o que talvez inclusive o faça vender mais que o interessante porém arriscado Essencial Mirra Masculino.