6 de out. de 2020

Natura Kaiak Oceano - Avaliação Perfume

 



Kaiak Oceano não é o primeiro perfume da linha Kaiak a ter uma temática aquática, seja em seu nome ou em seu aroma - ele foi precedido por Kaiak Aero e Kaiak Ecomotion. Entretanto, essa é a primeira vez que a Natura trás à linha Kaiak uma abordagem mais consciente, com um perfume que pretende celebrar a imensidão do Oceano ao mesmo tempo que se preocupa em reduzir com sua apresentação a poluição dos oceanos, evitando a utilização de plástico filme que revista a caixa da fragrância.

Não sei se a mensagem que há por trás de Kaiak Oceano se perderá ao consumidor ou será superficial demais para que o conscientize mas é algo que não impede a apreciação da fragrância do jeito que ela é. Logo de cara é preciso deixar claro que para quem não é fã da linha Kaiak o perfume Oceano não irá mudar a sua percepção, mantendo-se uma fragrância bem comercial e tentando de fundo dar uma identidade Natura à ideia.

Kaiak Oceano tem a preocupação de entregar uma fragrância aquática mais harmônica e menos estridente. Por isso, o toque das algas é bem discreto e é envolto por notas cítricas e um aroma aquático sutil, brilhante. Logo em seguida percebe-se uma nuance adocicada bem discreta, como se a nota de sal marinho fosse envolta em algo levemente caramelado. 

A Pataqueira serve para dar a cara Natura à composição, com nuances sutis de resinas e um floral branco bem discreto, que se mistura bem ao lado mais aromático de corpo da fragrância. De fundo cria-se uma evolução amadeirada equilibrada, trazendo um toque de ambergris que reforça a ideia de oceano. De maneira geral Kaiak Oceano entrega bem um aquático equilibrado, o que pode decepcionar a alguns que esperam mais da identidade desse gênero. É certamente uma fragrância que não acrescenta nada inovador à Natura mas que será perfeita para os consumidores usarem bastante nos meses mais quentes do ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Commentários/Comments