3 de nov. de 2020

Boticário Coffee Sense Woman - Avaliação Perfume

 

Adquira o decant com 5% de desconto (PDDEGUIDO5): https://rb.gy/kvk3zu


As mesmas críticas que são aplicadas ao perfume Coffee Sense Man são válidas para a versão feminina da nova dupla de fragrâncias da linha coffee. Assim como o masculino temos utilização de pesquisas inovadoras apenas como pretexto para mais uma fragrância que segue tendências de mercado da perfumaria internacional. Coffee Sense Woman, entretanto, é conceitualmente mais incoerente que seu par masculino ao fazer alusão a um toque sedutor de café caramelizado, algo que nunca se revela em seu aroma e que sequer é listado pela própria marca na pirâmide olfativa da composição.


O perfume Coffee Sense Woman é interessante depois que se releva as bobagens de inovação que a Boticário trás para passar outro perfume inspirado como novidade. A ideia aqui é certamente trazer uma fragrância quente e sedutora, que complemente a doçura especiada e amadeirada do par masculino e sirva, então, para despertar um momento de descobertas românticas dentro do relacionamento entre 2 pessoas. Para isso o feminino investe em um oriental especiado de nuances florais e frutadas para oferecer algo quente, atraente e aconchegante.


Coffee Sense Woman acaba se comportando na pele mais como floral do que especiado de fato, com a parte especiada envolvendo as rosas e os toques frutados da saída. A fragrância abre como uma mistura suculente de rosas, framboesa e açúcar, como se fosse uma espécie de geléia de rosas e frutas vermelhas. A forma como uma rosa adocicada e frutas são utilizadas remete imediatamente ao perfume La Nuit Tresor, como se fosse uma versão um pouco mais cítrica e leve da mesma ideia.


Após passar a fase mais intensa e sensual da composição Coffee sense revela um pouco mais seu lado especiado e mantém uma doçura que vai se tornando mais quente e torrada. Na base o lado mais oriental da composição toma conta, trazendo um aroma ambarado de nuances cremosas de baunilha junto a um patchouli amadeirado e luminoso. É como se o perfume flertasse com um chypre moderno porém mantendo o pé no lado oriental da composição. Assim como o par masculino a performance é superior a outros produtos do Boticário e entrega um floral oriental muito bem feito, encorpado e equilibrado. Não havia necessidade de inventar uma inovação que não serve para nada e muito menos de trazer um acorde inexistente de café a essa composição.