17 de nov. de 2020

Natura Luna Fascinante - Avaliação Perfume

 


Adquira o decant com 5% de desconto (PDDEGUIDO5): https://rb.gy/bgcwda

Depois de diversas variações em seu chypre brasileiro de sucesso a Natura cria um conceito de flores roxas em Luna Fascinante. O fascínio aqui seria o da união de um buquê de flores roxas, frésia, violeta, jasmim sambac com a presença da pataqueira, o ingrediente que aqui faz o papel da biodiversidade brasileira. A combinação gera um perfume bem agradável e elegante, mas um no qual falta justamente o fascínio.


É difícil de fato sentir o bouquê de flores roxas que a marca destaca em Luna Fascinante. Das flores roxas a mais perceptível é a violeta, com seu aroma adocicado e seu leve toque atalcado retrô. Ainda sim ela está mascarada por notas modernas, tanto pela saída frutada tropical como pela doçura que acompanha o perfume do começo ao fim. 


Com a presença da violeta e doçura açúcarada Luna Fascinante leva o chypre moderno de Luna numa direção muito próxima da doçura floral atalcada do La Vie Est Belle, porém sem por muita ênfase no lado atalcado e tentando trazer mais frescor e luminosidade com a presença da frésia. Na base o perfume mantém a assinatura chypre amadeirada do Luna diminuindo um pouco a presença do patchouli para que se perceba o aroma adocicado e resinoso da pataqueira.


A marca é honesta em dizer que Luna Fascinante é um chypre moderado, visto que sua evolução é rente a pele após umas 3 horas. É um produto onde a Natura mais uma vez se mostra muito similar ao Boticário - avessa a riscos e se inspirando em tendências internacionais em vez de buscar algo mais autêntico. A única diferença é que a Natura tem promoções bem melhores, o que tornam perfumes como Luna Fascinante razoáveis para uso no dia-dia no preço promocional.